Música

Eutopia: o festival que junta arte, arquitetura e golfe está prestes a começar

Óbidos recebe o evento nas margens da Lagoa. Clã e Laurent Filipe & The Song são alguns dos nomes a atuar nesta primeira edição.
As atividades têm lugar nos campos de golfe do resort.

Clã e Laurent Filipe & The Song, juntam-se na Clubhouse do Bom Sucesso Resort para dar concertos intimistas. Nas margens da Lagoa de Óbidos, o complexo turístico de referência a nível europeu, Bom Sucesso Resort, vai receber a primeira edição do festival Eutopia, um evento que pretende unir a arte, a arquitetura e o golfe.

O programa apresenta atuações musicais desde ópera a estilos como pop e jazz. Marcado para os dias 1 e 2 de outubro, dedica-se à cultura contemporânea nos campos de golfe do resort. Embora considere o espaço “inusitado”, a empresa promotora do evento considera “o espaço envolto pela natureza e por paisagens únicas o local ideal para a realização do festival”.

Na agenda pode-se contar com animação para toda a família. Desde conferências, workshops, conversas, danças e teatro, às quais se juntam performances e a atuação de circo contemporâneo. As principais exibições terão lugar nos nove buracos do campo, no entanto, todo o recinto vai ser preenchido por atividades que vão acontecer em simultâneo.

Ao longo dos dois dias, os visitantes vão poder assistir a espetáculos de Novo Circo e à performance de Carincur “Echos From A Liquid Memory”. Cláudia Lucas Chéu vai participar numa conversa sobre o processo de construção da peça “Orlando” e o ator Chico Diaz oferece momentos para o público infantil.

Em comunicado, a organização promete um programa fresco e inovador que tem como objetivo mostrar que é possível levar a cultura a espaços turísticos e fazê-lo de forma descentralizada. A entrada é gratuita e aberta a todos os que quiserem ocupar o fim de semana com música e teatro em Óbidos.

“Como acontece com a arquitetura das nossas casas, queremos que o Eutopia faça parte da paisagem como algo que é natural, que ali pertence e que existe porque as pessoas precisam”, revelou Celeste Afonso, diretora executiva da Bridges In Culture, empresa promotora do evento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT