Música

Fatboy Slim está a trabalhar como empregado de mesa num café por causa da Covid-19

O DJ trocou as mesas de mistura pelas mesas de um espaço onde serve cafés e gelados.
Não há onde tocar.

Os efeitos económicos da pandemia estão a ser particularmente cruéis para quem fazia do contacto com outras pessoas o seu modo de vida. Por todo o mundo — e também muito em Portugal — surgem notícias de músicos que estão a passar necessidades ou que tiveram de se virar para outra atividades para conseguir sobreviver durante este período. E foi exatamente isso que fez o DJ britânico Fatboy Slim.

O autor de êxitos como hits “Right Here, Right Now” e “Praise you” trocou agora o papel de músico e produtor pelo de empregado de mesa num café de Brighton, no Reino Unido, noticia o “The Sun”. De acordo com o jornal, o DJ, de 57 anos, é o proprietário do pequeno café há já 7 anos, mas a pandemia levou a que passasse a trabalhar agora no espaço a tempo inteiro.

No café, é apenas Norman.

O jornal refere ainda que para os clientes, Fatboy Slim é, na maior parte das vezes apenas Norman (o nome do artista é Norman Cook), já que a maioria das pessoas não o reconhece, especialmente se estiver de máscara. Com as portas fechadas devido ao confinamento no Reino Unido, o DJ serve cafés e gelados através de um postigo e até não se sai nada mal, já que o café costuma frequentemente ter filas.

Ao jornal, o músico não se mostra preocupado com esta mudança de carreira: “parece que eu até sou um bom empregado de mesa. Costumo estar por aqui todos os dias, pelo menos entre as 11h e as 15h”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT