Música

Festival Artes à Vila regressa ao Mosteiro da Batalha na próxima semana

Vai ter atuações musicais, workshops e conferências.
O festival decorre no Mosteiro da Batalha.

O Festival Artes à Vila regressa já este mês ao Mosteiro da Batalha, Património da Humanidade definido pela UNESCO, com concertos e espetáculos que promovem a música portuguesa e as músicas do mundo. Serão dois dias — 25 e 26 de junho — com exposições, workshops, conferências e outras atividades que celebra as raízes e apresenta músicos consagrados e artistas emergentes. 

A primeira atuação do festival é as 17 horas e será feita por Moçoilas, um grupo feminino algarvio que quer precisamente mostrar a beleza das músicas tradicionais daquela zona de Portugal. De seguida, pode contar com Remexido, um trio de Almada que apresenta uma outra faceta da música portuguesa, o rock fadesco.

A noite começa às 20 horas e vai ser preenchida com gargalhadas, graças à atuação de Ovo Mau. Este grupo é constituído por Carlos Moura, Ricardo Karitsis, Mário Bomba e Paulo Cintrão, e foca-se precisamente na comédia. 

Depois dos risos, é altura de dar palco à multiculturalidade. LaBaq  e Yosune trazem uma união entre o Brasil e Venezuela, LaBaq apresenta o seu mais recente trabalho, enquanto Yosune a acompanha com com o seu Cuatro (um instrumento tradicional Venezuelano). O primeiro dia termina com Telmo Pires, cantor, poeta e compositor que traz o tradicional fado ao Mosteiro da Batalha.

O segundo e último dia começa novamente às 17 horas e vai ter uma emissão online para quem estiver em casa. A primeira atuação é de Filipe Sambado, cantor de música pop que trará ao festival as suas próprias composições. Pelas 20 horas atuam os Não Simão, um grupo cujas músicas flutuam entre o intimismo e o optimismo. Segue-se JP Simões, cantor e compositor português que traz o melhor da música e poesia nacionais.

A fechar a festa, sobe ao palco Dulce Pontes, uma das cantoras portuguesas mais populares e reconhecidas internacionalmente. A entrada para o festival é gratuita mas é preciso que faça marcação no site do evento. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT