música

Coachella volta a ser cancelado devido à Covid-19

Depois de adiado para outubro, o festival norte-americano deveria acontecer em abril. Ainda não há novas datas.
Ainda não há novas datas.

A pandemia volta a ser mais uma vez uma ameaça para os festivais. O célebre Coachella, que acontece todos os anos no deserto de Indio, na Califórnia, acaba de ser cancelado. O evento estava marcado para abril, mas as autoridades de saúde dos Estados Unidos decidiram não permitir que o festival se realizasse.

A edição de 2020 já havia sido adiada para outubro. Nesse mês voltou a ser cancelada para 2021 por não existirem condições para o concretizar. Até ao momento, não foram definidas novas datas. Também o Stagecoach, outro festival que ia acontecer na Califórnia, foi igualmente cancelado.

Nos últimos anos milhares de pessoas juntaram-se para dois fins de semana no deserto, embora 2020 tenha sido exceção. O anúncio do cancelamento foi feito pelo oficial de saúde pública Cameron Kaiser. Explicou que estes dois festivais, sendo encontros internacionais, são muito arriscados no momento em que estamos e podem levar ao aparecimento de novas variantes contagiosas do vírus.

“Se a Covid-19 fosse detetada nesses festivais, com o número de participantes e a natureza do local, tornava-se inviável, senão impossível, rastrear aqueles que poderiam estar em risco”, explicou ao “The New York Times”.

Fundado em 1999, o cartaz da edição cancelada do festival contava com nomes como Travis Scott, Rage Against the Machine ou Frank Ocean.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT