Música

Festival de Sintra está de volta com direcção artística de Martim Sousa Tavares

O Palácio Nacional de Sintra e o de Monserrate vão ser alguns dos palcos do evento, o mais antigo do género em Portugal.
O Festival de Sintra está quase a começar.

O Festival de Sintra regressa para a 58.º edição, entre 13 a 23 de junho, em diversos locais do concelho. Tal como aconteceu no ano passado, voltará a contar com a direção artística de Martim Sousa Tavares.

No cartaz, fiel ao seu cunho de excelência e ecletismo, “voltam a cruzar-se a ópera, o cinema, a oferta para famílias, as conversas e a música nos mais diversos estilos, tocada por músicos de todo o mundo, em dezenas de palcos e ao longo de dez dias”.

O evento, o mais antigo do género em Portugal, junta solistas de renome e artistas emergentes. Roman Lopatynskyi, Ludovice Ensemble, András Schiff e outros vão atuar em palcos como a Igreja Paroquial de Colares, o Hotel-Palácio de Seteais ou o Centro Cultural Olga Cadaval.

Um dos formatos mais procurados pelo público, são as caminhadas-concertos. Uma delas, parte do centro histórico e segue até Quinta de Mont Fleuri e conta com Tomás Wallenstein. O vocalista dos Capitão Fausto irá apresentar “Um Piano a Dar Para o Mar”.

O concerto de abertura “Ode ao Pôr-do-Sol”, em Monserrate, já está esgotado. Por isso mesmo, não pode perder a estreia de Ana Carla Maza, de 28 anos, na apresentação da obra “A Voz e o Violoncelo”, a 13 de junho, às 21h30. Promete aquecer a noite ao som da sua voz sedutora acompanhada pelo violoncelo. “Caribe”, “Las Primaveras” e “Te Me Fuiste” são algumas das músicas da cubana, que promete paragens por abordagens latinas, cubanas, brasileiras ou até a chanson française.

Outro dos momentos altos desta 58.º edição será o Duelo de Pianistas que regressa este ano. Fabrice Eulry e Pierre-Yves Plat defrontam-se no dia 19 de junho, pelas 21h00, no Palácio Nacional de Sintra. Os solistas franceses são “famosos pela sua verve e espírito camaleónico ao piano, cujo domínio vai de Chopin ao boogie-woogie ou vice-versa”, descreve o festival.

No total, a “festa para todos os apreciadores da música e das artes”, com organização da Câmara Municipal de Sintra, conta com 22 eventos, dos quais oito são gratuitos, com horários que vão das cinco da manhã à meia-noite.

O programa completo pode ser consultado na página do Festival de Sintra. Os bilhetes estão disponíveis online e custam 15€.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por @festivalsintra

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT