Música

Salvador Sobral entre artistas de 27 países no cartaz do Festival Músicas do Mundo

O português junta-s a nomes como Margareth Menezes, Eliades Ochoa, Melingo e Samba Touré. Evento regressa a Sines e a Porto Covo a 20 de julho.
O festival está de volta a Sines e Porto Covo.

Argélia, Bélgica, Espanha, França, Reino Unido, Suécia, Suíça, Tanzânia e Portugal. Estes são apenas alguns dos países que estão representados no cartaz do Festival Músicas do Mundo que decorrerá entre 20 e 27 de julho.

Tal como a aconteceu em anos anteriores, o evento terá lugar em duas localidades diferentes. De 20 a 22 de julho é a aldeia de Porto Covo que acolhe a emblemática iniciativa. No dia seguinte, e até 27 do mesmo mês, a grande festa muda-se para a cidade de Sines, a cerca de 15 quilómetros de distância.

Nesta terça-feira, 16 de abril, foram confirmados mais de 40 artistas. De Portugal temos nomes como Salvador Sobral, Cara de Espelho ou Ana Frango Elétrico.

Internacionalmente pode contar com as participações de Margareth Menezes, Eliades Ochoa, Melingo, Samba Touré, Groundation, Gyedu-Blay Ambolley, Mayra Andrade, La Muchacha, iLe, Adédèji, Son Rompe Pera, entre outros. Ao todo, vão atuar músicos de 27 países diferentes e de continentes como América, África, Europa e Ásia. O festival também tem muitas outras iniciativas culturais, mas que ainda não foram reveladas.

Criado em 1999, o Festival Músicas do Mundo foca-se unicamente em criar um cartaz com artistas e géneros musicais mais alternativos, tendo uma oferta completamente diferente dos grandes festivais de verão que passam pelo resto do País. 

Começou como uma modesta iniciativa com três dias de duração. Com o passar dos anos, tornou-se num dos eventos de culto de Portugal e prolonga-se durante uma semana.

No ano passado atuaram nomes como Carminho, Céu, Lila Downs, Tinariwen, Nneka, Inna de Yard, The Selector, Bab L’Bluz, entre muitos outros. Os bilhetes custam desde 15€ para a entrada diária e 75€ para um passe de quatro dias. Podem ser adquiridos online ou nos locais habituais.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT