Música

Neste novo festival em Braga ouve-se jazz, eletrónica, hip-hop, blues (e mais)

O Caixa de Ritmo apresenta um cartaz eclético que reúne vários géneros de música e aposta em novos talentos portugueses.
Os PZ atuarão nos seus habituais pijamas.

Está a chegar um novo festival de música a Braga. Chama-se Caixa de Ritmo, nome influenciado pela enorme panóplia de sons que poderemos encontrar ao longo de dois dias — 5 e 6 de novembro.

O palco principal deste novo evento será o Lustre, um espaço multifuncional situado no centro da cidade que tem vindo a reforçar a sua aposta na promoção de momentos especiais e focados na música ao vivo.

No primeiro dia sobem ao palco do Lustre os Ocenpsiea, banda de Braga formada por João Nuno Teixeira Vilaça (percussão), Gonçalo Cravinho Lopes (contrabaixo), Francisco Carneiro (violino) e Tomás Alvarenga (composição). A sonoridade do grupo vai do jazz, à eletrónica, passando pelo blues, o hip hop e outros géneros.

De seguida, vai atuar PZ, acompanhado pela sua Banda Pijama. Tal como o nome sugere, vão atuar de pantufas e pijamas. Tocam um som eletrónico que caracteriza pelo uso de sintetizadores, caixas de ritmos, baixo e guitarra.

No dia seguinte, a 6 de novembro, o festival arranca com os beats e as rimas de Minus & Mr. Dolly. Segue-se uma atuação de David Bruno, artista multifacetado enormemente inspirado pela cultura portuguesa.

O passe geral para o festival custa 15€, enquanto um bilhete diário fica por 10€. Os ingressos podem ser adquiridos na Ticketline.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT