Música

Há uma imagem que pode provar que o vocalista italiano não consumiu droga na Eurovisão

Damiano David teve um comportamento que terá levado muitos espectadores a pensar que tinha consumido cocaína em direto.
O grupo italiano venceu o festival.

A banda italiana Måneskin venceu este sábado, 22 de maio, o Festival Eurovisão da Canção. Contudo, a sua vitória aconteceu logo envolta em polémica, porque um movimento do vocalista, Damiano David, terá levado muitos espectadores a pensar que tinha consumido cocaína em direto, a partir da mesa da sua delegação.

O grupo apressou-se a explicar, na conferência de imprensa, que não tinha consumido quaisquer drogas. E Damiano David submeteu-se voluntariamente a um teste, cujos resultados ainda não são conhecidos.

“Acho que este tipo de polémica é ultrajante. Somos jovens com uma grande paixão pela música e estas coisas estão a ofuscar a nossa vitória. Mas faremos o teste de drogas e teremos a prova de que tudo é especulação“, disse após a conquista da Eurovisão.

Damiano David explicou ainda que outro dos membros da banda, na euforia de celebração da vitória, partiu um copo de vidro, que caiu para debaixo da mesa. Era isso que ele estava a ver quando colocou a cabeça para baixo, no tal movimento captado pelas câmaras.

Entretanto, começaram a circular fotografias nas redes sociais que mostram que, de facto, havia um copo partido por baixo da mesa — e que os Måneskin estavam a contar a verdade quanto a isso. 

Recorde-se de que os representantes portugueses, The Black Mamba, ficaram em 12.º lugar. Foi a segunda melhor classificação nacional de sempre no século XXI, logo a seguir ao feito histórico de Salvador Sobral.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT