Música

Já há cartaz para o Festival Vilar de Mouros — e é uma viagem louca aos 90 e 00

O mais antigo festival da península regressa a casa entre 23 e 26 de agosto. Traz ao palco James, Prodigy, Limp Bizkit e Guano Apes.
Os Limp Bizkit atuaram.

O Festival de Vilar de Mouros, o mais antigo da Península Ibérica, regressa este ano a Viana do Castelo com quatro dias de música, mais um do que nas edições anteriores. O evento musical arranca no dia 23 de agosto e prolonga-se até dia 26 — e já são conhecidos os artistas.

A organização anunciou esta segunda-feira, 12 de junho, os nomes do cartaz da edição de 2023. O primeiro dia vai contar com os espetáculos do Xutos e Pontapés e dos norte-americanos Limp Bizkit, depois de a banda ter cancelado a atuação no ano anterior. O cartaz conta ainda com nomes como Enter Shikari, The Last Internationale e Micromaníacos.

Já no segundo dia, quem sobe ao palco do festival de rock são os britânicos The Prodigy, os Nowhere To Be, os Millencolino e os The Bloody Beetroots (DJ set). Para o terceiro dia estão confirmados os Within Temptation, Apocalyptica, Pendulum e Bizarra Locomotiva.

James, Ornatos Violeta, Guano Apes e Peaches sobem ao palco no dia 26 de agosto para fechar o festival.

A EDP deixou de ser o naming sponsor do evento realizado pela Surprise & Expectation e promovido pelo município de Caminha e a Junta de Freguesia de Vilar de Mouros. O evento associou-se ao Crédito Agrícola e o novo nome é CA Vilar de Mouros.

Os bilhetes para esta edição do festival já estão disponíveis online. O bilhete diário custa 45€, enquanto que os passes de três dias (24, 25 e 26 de agosto) tem um custo de 90€. Para os que querem assistir aos quatro dias de espetáculo, o passe custa 120€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT