Música

Lux Frágil abre este sábado de manhã com entrada livre

Das 10 às 13 horas, a discoteca tem o mesmo espírito, mas num admirável mundo novo.
Lux Frágil em modo matinal.

É um dos locais mais famosos na noite de Lisboa mas a pandemia tem sido particularmente difícil para os espaços noturnos. E mais ainda num fim de semana com dever de recolher obrigatório na maior parte do País, até às 13 horas.

Este sábado, 21 de novembro, o Lux Frágil volta a mostrar a sua capacidade de adaptação, mantendo as regras de segurança e distanciamento adequadas. Entre as 10 e as 13 horas, o espaço à beira Tejo está aberto e com música.

A discoteca tem procurado inovar durante esta pandemia, com horários e programações diferentes do que estávamos habituados antes da Covid-19. Desta vez, abre de manhã e podemos esperar o DJ Rui Vargas e a performance de Sorour Darabi, que integra o programa do Alkantara Festival.

A entrada é livre e está limitada à lotação do espaço. O mote pra este sábado de manhã passa por café, bolinho da manhã e diversão em modo de resistência nestes tempos invulgares que vivemos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT