música

Morreu Pedro Gonçalves, músico dos Dead Combo

Estava doente há vários anos com cancro. A banda, da qual fazia parte com Tó Trips, cancelou 15 concertos nos últimos meses.
Os Dead Combo tinham vários concertos cancelados.

Pedro Gonçalves, músico dos Dead Combo, morreu este sábado, 4 de dezembro, vítima de cancro. A notícia foi confirmada ao “Público” pelo agente. Estava doente há vários anos e o seu estado de saúde agravou-se. Durante estes meses de novembro e dezembro, tinham agendado vários concertos naquela que seria a digressão de despedida. Acabaram todos por ser cancelados há um mês.

Pedro Gonçalves e Tó Trips revelaram que iam terminar com a banda no final de 2019. Na altura prometeram várias atuações, que tiveram de ser canceladas devido à pandemia. Essa tour, que ia passar pelo Teatro São Luiz, em Lisboa, acabou por não se realizar.

A dupla formou a banda em 2003. Desde aí que lançaram seis álbuns: Vol. I (2004); Vol. II – Quando a Alma não é Pequena (2006); Guitars From Nothing (2007); Lusitânia Playboys (2008); Lisboa Mulata (2011); A Bunch of Meninos (2014); Dead Combo e as Cordas da Má Fama (2016); e Odeon Hotel (2018).

Chegaram ainda ao mercado outros dois projetos gravados ao vivo: Live Hot Clube (2009) e Live at Teatro São Luiz (2014). Pedro Gonçalves teve um passado ligado ao jazz e chegou a acompanhar Sérgio Godinho em alguns concertos. Juntou-se a Tó Trips, que passou por grupos de punk rock. O resultado destas duas experiências deu origem à sonoridade tão caraterística dos Dead Combo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT