Música

Música, cerveja, arte e tatuagens: já abriu a Casa Tigre em Lisboa

É um projeto de The Legendary Tigerman, Afonso Rodrigues e Rai, que fica nos Anjos. E há loja online.
Fica nos Anjos.

O que acontece quando uma pandemia suspende tudo, quando não pode haver concertos, quando a ansiedade e os problemas só têm tendência para escalar? Abre-se um espaço com o melhor da vida. Foi mais ou menos esta a linha de raciocínio que levou três amigos a abrirem a Casa Tigre, nos Anjos, em Lisboa.

Este é um projeto de três homens do rock: Paulo Furtado (The Legendary Tigerman), Afonso Rodrigues (Sean Riley & The Slowriders e Keep Razors Sharp) e Luís Raimundo (mais conhecido como Rai, que pertence aos Poppers e Keep Razors Sharp).

A Casa Tigre é um espaço acolhedor que vende peças exclusivas — em colaboração com diversos artistas —, onde se vende (e bebe) cerveja, onde se pode fazer uma tatuagem, ouvir música ou conversar sobre motas.

Era para ter aberto em janeiro, mas, com o novo confinamento geral, só abriu realmente nos últimos dias. Fica no número 49E da Rua Maria. É um espaço que cruza elegância com a sujidade típica do rock n’ roll, onde um design cuidado coabita com um cheiro a gasolina ou a cerveja.

O catálogo, cujas peças podem ser encomendadas para todo o mundo, está disponível online. Há vários casacos de cabedal pintados por artistas — entre os quais Wasted Rita, Jehnny Beth, Marija Reikalas, Fiumani ou Senhor Vulcão, que podem oscilar entre os 1999€ e os 499€.

Rai, Afonso Rodrigues e Paulo Furtado

Vendem-se ainda T-shirts — com destaque para os lemas ou expressões “Stay gold”, “Los Anjos” e “Tigre” —, além de camisolas, calças, botas, sacos de pano e patches. As tatuagens são feitas em parceria com a Wild Rose Tattoo, enquanto as cervejas Tigre foram produzidas em colaboração com a Musa. Esta edição vai existir permanentemente no espaço, embora possam existir outras no futuro.

O objetivo é que vão nascendo colaborações entre artistas, projetos ou marcas para criar peças exclusivas ou desenvolver ideias que depois possam ser postas em prática aqui mesmo.

“A ideia até ao final do ano é ir lançando regularmente novas peças e novas colaborações quer com outros artistas quer com outras marcas com que nos relacionamos, construir ligações e cruzar caminhos é um dos nossos grandes pontos”, diz Paulo Furtado.

A Casa Tigre pode ser visitada de terça-feira a sábado, entre as 11 e as 18 horas.

Carregue na galeria para ver mais imagens da Casa Tigre.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT