Música

Musical de Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco vai ser lançado em disco

“A Madrugada Que Eu Esperava” conta com 17 temas e vários outros artistas. O disco que celebra o 25 de abril é lançado na mesma data.
Fotografia: Sebastião Ferreira

“A Madrugada Que Eu Esperava” foi, inicialmente, a peça de teatro musical que juntou Carolina Deslandes e Bárbara Tinoco. Agora torna-se ainda mais que isso, ao ser também o nome do álbum que junta as duas artistas e que tem estreia marcada para 25 de abril.

Este é um disco que celebra Abril com as vozes que viveram e cantaram a revolução e as vozes de hoje. Juntamo-nos para escrever e compor estas canções vestindo a pele de quem tinha como objetivo de vida ser livre. Fomos confrontadas com coisas que não sabíamos, mas mais importante que isso – fomos relembradas daquilo que sabemos. Enquanto houver memória, há luta. Enquanto houver música, a luta é contada, contada, documentada e eterna”, escrevem as cantoras em comunicado.

O novo trabalho é resultado do musical homónimo e conta com 17 temas, sendo que 13 deles já foram apresentados em cena e os outros quatro “acabaram por ficar a de fora, por ser impossível incluir tanta criação num espetáculo de uma hora e meia.”

Conta com Sérgio Godinho, Paulo de Carvalho, Luísa Sobral, Filipe Melo, Salvador Sobral, Rita Rocha, Tatanka, Tiago Nogueira, Buba Espinho, e Diogo Branco como convidados e inclui ainda os instrumentais dos músicos Feodor Bivol (Guitarra), Marco Pombinho (Piano), Miguel Casais (Bateria), Rui Pedro Pity (Baixo), e Sandra Martins (Violoncelo), com a contribuição das guitarras de Diogo Clemente e Pedro mourato.

“A Madrugada Que Eu Esperava” vai estar em cena entre até 28 de abril no Teatro Maria Matos, em Lisboa. Depois ruma ao norte: será apresentado a 30 e 31 de maio no Coliseu do Porto AGEAS.

“O nome do espetáculo, extraído de ’25 de Abril’, um dos mais célebres poemas de Sophia de Mello Breyner Andresen, levanta o véu sobre a história que será levada a palco no ano que em se celebram, precisamente, 50 anos da Revolução dos Cravos”, revelam os produtores.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT