Música

Não há espetáculos ao vivo, mas podemos ouvir concertos da Orquestra Gulbenkian

Durante este mês de março, à terça e à sexta-feira, há sempre novo concerto para ouvir.
Para ver ou rever.

A pandemia obrigou a novo confinamento e este levou ao encerramento de todas as salas de espetáculos. A prestigiada Orquestra Gulbenkian não escapou à regra. O que não quer dizer que não a possamos ouvir por estes dias.

Durante o mês de março, às terças e sextas-feiras, vai haver sempre um novo concerto para descobrir. Enquanto as portas do Grande Auditório não reabrem, a Orquestra Gulbenkian continua a oferecer ao público grandes momentos musicais através das plataformas digitais da Fundação. A partir desta terça-feira, 2 de março, será apresentado um conjunto de cinco concertos, todos gravados recentemente.

O repertório inclui obras de Beethoven, Haydn, Mendelssohn e Martinů. Os espetáculos serão transmitidos a partir das 19 horas, nas páginas de Facebook da Gulbenkian Música e da Fundação Calouste Gulbenkian, assim como no canal YouTube da Fundação.

Esta terça-feira a Orquestra Gulbenkian, dirigida por Hannu Lintu, interpreta a Sinfonia N.º 2 de Beethoven. Na sexta-feira, 5 de março, é recordado o concerto de Amalie Stalheim, uma das mais promissoras violoncelistas da atualidade, que inaugurou a Temporada 20/21 ao lado da Orquestra Gulbenkian, num programa dirigido pelo maestro Nuno Coelho. Todo o programa pode ser consultado online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT