Música

O mítico festival Sónar chega a Lisboa em abril do próximo ano

Vai dividir-se entre o Coliseu dos Recreios, o Pavilhão Carlos Lopes e o Hub Criativo do Beato, entre outros sítios.
O cartaz será divulgado em breve.

Fundado em Barcelona, Espanha, em 1994 — e após edições em cidades como Londres, Tóquio, São Paulo ou Buenos Aires — o mítico festival Sónar chega a Lisboa no próximo ano, foi oficialmente anunciado esta segunda-feira, 21 de junho.

O evento vai realizar-se entre 8 e 10 de abril de 2022 em vários locais da cidade, entre os quais o Coliseu dos Recreios, o Pavilhão Carlos Lopes, o CCL Pavilhão do Rio, o Factory Lisbon (no Hub Criativo do Beato) e o chamado Sónar Village, um recinto criado de raiz, localizado num estacionamento na zona do Cais do Sodré, junto do rio Tejo, “que irá receber performances durante o dia”, diz a organização.

Foram também colocados à venda os primeiros bilhetes — uma edição limitada de 500 unidades, em versão early bird, por um preço reduzido de 95€. O festival foi concebido para 25 mil pessoas e programação, que promete “propostas nacionais e internacionais, emergentes e consagradas”, será anunciada em breve.

Além dos concertos, vai haver uma programação mais diurna que irá incluir exposições de arte digital e conversas sobre sustentabilidade. Haverá também “experiências audiovisuais” à noite. 

“O Sónar Lisboa 2022 perfila-se como um dos eventos mundiais mais importantes da cultura de vanguarda, que lançará pontes entre as indústrias criativas contemporâneas (plásticas e audiovisuais) e as indústrias tecnológicas e digitais emergentes (gaming, animação, robótica, realidade virtual/ realidade aumentada (VR/AR), inteligência artificial (AI) e Internet of things (IoTs)”, adianta a organização. O festival terá uma forte e clara preocupação ecológica e sustentável.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT