Música

Orquestra das bandas sonoras traz “West Side Story” e “A Vida é Bela” a Portugal

É o regresso da Film Symphony Orchestra, que atuou no País em 2019. Os concertos acontecem a 17 e 18 de junho.
Natalie Wood e Richard Beymer em "West Side Story".

A pandemia provocada pela Covid-19 afastou-a dos palcos durante mais de um ano mas, para alegria de muitos, a Film Symphony Orchestra (FSO) regressou aos espectáculos em outubro de 2021. Depois de uma série de atuações em Espanha, o grupo ibérico vem a Portugal em junho para dois concertos, um no Coliseu do Porto (17, às 21 horas) e outro no de Lisboa (18, às 20h30).

As apresentações, parte da digressão Fénix — nome que simboliza o renascimento da orquestra, como o pássaro mitológico, “com uma nova energia e com um espetáculo para se desfrutar novamente e redescobrir em sala” —, assinalam o retorno ao País do coletivo. Em 2019, este prestou homenagem a John Williams, um dos mais reconhecidos compositores de bandas sonoras do mundo. 

Agora, em vez dos repertórios de filmes e sagas como “A Lista de Schindler” e “Harry Potter”, o público vai poder deliciar-se com as músicas de produções cinematográficas emblemáticas do século passado como “West Side Story”“A Bela e o Monstro”“A Vida é Bela”“O Gladiador”. Mais recentes, embora igualmente populares, são os temas de “Bridgerton”“The Mandalorian” que também fazem parte do alinhamento.

Os bilhetes já estão à venda. No Porto, os preços das entradas oscilam entre os 20€ e os 50€. Em Lisboa, começam nos 25€ e vão até aos 55€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT