Música

Os incêndios roubaram a voz a Eddie Vedder — e Pearl Jam cancelam digressão europeia

A banda culpa o calor e os fumos dos fogos pelos problemas nas cordas vocais do vocalista.
Vedder já não tem 20 aninhos

Foi com um comunicado oficial que se cancelaram os últimos três concertos da digressão europeia que os Pearl Jam estavam a fazer. A culpa é das cordas vocais do cantor Eddie Vedder, que teimam em não funcionar.

A 17 de julho, a banda de Seattle atuou no palco do Lollapalooza, em Paris. Por essa altura, o ambiente na capital francesa estava tenso. O calor e os fumos e cinzas dos incêndios circundantes tornavam o ar parisiense mais pesado. Segundo a banda, essa foi a causa do problema de saúde de Vedder.

Com espetáculo agendado para Viena, na Áustria, apenas três dias depois, os Pearl Jam foram forçados a cancelar o concerto. “Tínhamos esperança de que o Ed conseguisse recuperar a tempo da performance de amanhã. Ele foi visto por um médico em Praga e continua a fazer tratamentos às cordas vocais, mas infelizmente, a voz ainda não apareceu”, revelaram em comunicado.

A falta de voz haveria de ditar o cancelamento dos três restantes concertos na agenda do grupo: um em Praga, na República Checa, a 22 de julho; e outros dois em Amesterdão, nos Países Baixos, este domingo e esta segunda-feira, 24 e 25 de julho. Eddie Vedder terá agora que recuperar, tendo em vista o regresso aos palcos marcado para 1 de setembro, no Canadá.

Nos bastidores, os responsáveis não parecem muito esperançosos. De tal forma que, segundo a “Spin”, a presença de Vedder a solo, no seu próprio festival Ohana, marcado para 8 e 9 de outubro, também foi cancelada.

A perda de voz e problemas vocais não são propriamente um acontecimento inédito em cantores, sobretudo para um artista que, aos 57 anos, caminha para se tornar num sexagenário. Contudo, esta não é a primeira vez que Vedder se vê forçado a cancelar concertos por causa das cordas vocais.

De acordo com Laurier Fagnan, proprietário de um laboratório de acústica no Canadá, os ambientes com fumo são extremamente nocivos, sobretudo para quem usa a voz como instrumento. “A voz pode tornar-se rouca mais rapidamente e até dar origem a uma rouquidão crónica”, explica à “CBC”.

“Quando expostos a ambientes de fumo durante longos períodos de tempo, os cantores colocam-se em risco. Quando toda a gente fumava nas salas e nos bares, os cantores colocavam-se em situações muito perigosas para a sua voz.”

Isto porque o fumo danifica o revestimento epitelial, a membrana protetora das cordas vocais, provoca inchaço e potencialmente dano permanente. “A membrana seca e as cordas passam a vibrar músculo contra músculo.”

Segundo um especialista em incêndios, inalar fumo de um incêndio pode equivaler a “fumar um par de maços por dia”. “O fumo dos incêndios costumava ser um problema rural, mas cada vez mais afeta zonas urbanas, com o fumo a viajar largas distâncias.”

Os Pearl Jam já haviam sido obrigados a cancelar espetáculos em 2018, neste caso numa performance na O2 Arena, em Londres, no Reino Unido. “Lamentamos informar que não poderemos atuar esta noite. A banda está a tentar reagendar o espetáculo”, revelaram em junho desse ano.

“O vocalista Eddie Vedder perdeu completamente a voz. Estará em repouso durante os próximos dias num esforço para se curar e poder voltar ao palco nas restantes datas da digressão.” A banda haveria de voltar e até atuar em Portugal nesse mesmo ano, no NOS Alive.

O artista americano chegou mesmo a visitar um especialista da voz. Vedder haveria de, ele próprio, abordar o tema durante um dos concertos que se seguiram. “Ele estava a observar-me e eu disse-lhe que lhe daria 10 mil libras para me dar uma voz igual à da Adele”, contou. “E o médico respondeu: ‘Essa é a voz do milhão de dólares, mas por 59 libras posso pô-lo a cantar como o Liam Gallagher.”

“Estou a brincar. Conheço o Liam e sei que é um tipo duro, aguenta uma piada. Além disso, ia-me custar mais 100 mil libras para ficar igual a ele”, brincou o vocalista dos Pearl Jam, antes de deixar antever, de certa forma, que a voz ainda não estaria no ponto ideal. “De qualquer forma, hoje as canções tristes vão soar mais tristes e as raivosas vão soar ainda mais raivosas.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT