Música

Passeio na zona ribeirinha de Lisboa vai passar a chamar-se Carlos do Carmo

O músico português, que morreu em 2021, é assim homenageado pela câmara municipal da cidade.
O músico morreu aos 81 anos.

Carlos do Carmo foi homenageado pela Câmara Municipal de Lisboa com a atribuição do seu nome a um passeio na zona ribeirinha da cidade. O passeio entre o Terreiro das Missas e o Jardim das Docas da Ponte fica assim com o nome do icónico fadista.

A proposta foi aprovada por unanimidade. Logo após a sua morte, a 1 de janeiro de 2021, a autarquia — que na altura tinha outro executivo — já tinha prestado tributo ao músico português com a escolha de “Lisboa Menina e Moça” como canção oficial do concelho.

Numa nota enviada à comunicação social, o vereador com o pelouro da Cultura, Diogo Moura, recordou Carlos do Carmo como “umas das referências maiores do universo do fado, enquanto intérprete, estudioso e divulgador”, mas também “enquanto ponte entre tradição e inovação, na ligação às novas gerações do fado, na valorização desta expressão cultural”.

 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT