Música

Pedro Abrunhosa vai atuar com mil artistas de rock num concerto especial

Além do português, no espetáculo vão estar 200 bateristas, 300 guitarristas, 200 baixistas, 50 teclistas e 250 cantores.
Vai ser um concerto único no País.

O fenómeno global Rockin’1000, famoso por reunir milhares de músicos amadores e profissionais para celebrar clássicos do rock, chega a Portugal pela primeira vez no dia 14 de setembro, no Estádio de Leiria, e promete uma experiência musical memorável à qual se junta agora Pedro Abrunhosa. 

O artista português, acompanhado pelos 1000 músicos que estarão a atuar em pleno relvado, interpretará “Vamos Fazer O Que Ainda Não Foi Feito”, num momento único e verdadeiramente mágico.

“A canção escolhida é um hino à união, à esperança e à celebração, e a sua mensagem inspiradora encaixa-se perfeitamente com o espírito do Rockin’1000, que reúne pessoas de todas as idades e origens para celebrar a música e a alegria ao interpretarem jutos os maiores clássicos do Rock”, explica a organização.

“A música tem a capacidade unificadora que mais nenhuma atividade consegue. Porque o faz numa ‘liturgia’ sem sagrado no foro íntimo tornado coletivo. Interpretar uma canção com 1.000 participantes será das experiências mais engrandecedoras da minha vida profissional. A arte enquanto força coletiva é, também, lugar de pacificação num mundo artificialmente dividido”, diz, desta vez, Pedro Abrunhosa.

Quem são os Rockin’1000?

Os Rockin´1000 nasceram em Itália, em 2014, após dezenas de pessoas terem participado num crowdfunding para levar os Foo Fighters à pequena cidade de Cesena. Mil músicos juntaram-se no ano seguinte num descampado para interpretar a música “Learn to Fly”. O resultado impressionante, partilhado no YouTube. Um dia depois da atuação, em julho, Dave Grohl utilizou o Twitter para responder, em vídeo, que aceitava o convite.

A partilha acabou por se tornar viral e ao longo dos anos a banda foi crescendo. Atualmente conta com mais de 80 mil músicos que participaram na produção de um álbum, um filme e uma música original. A fama levou-os a tocar em diferentes cidades como Roma, São Paulo, Madrid ou Paris.

“Nos últimos 10 anos, viajámos por vários países, ampliando a nossa cultura e compreensão da música rock através de encontros com músicos muito diferentes, famosos ou não, que decidiram aderir ao projeto. Uma constante permanece inalterada: a reação do público”, explicou Fabio Zaffagnini, um dos fundadores, citado pelo “Jornal de Notícias”.

“Estes mil músicos vêm do mundo inteiro. Vamos ter de fazer o acolhimento nos aeroportos e em vários sítios para os trazer todos para Leiria e integrarem a comunidade de Leiria. Vão ficar em Leiria durante três dias. Atrevo-me a dizer que Leiria será a capital do rock em Portugal”, disse o diretor-executivo da promotora portuguesa MOT – Memories of Tomorrow, Tiago Castelo Branco, citado pelo “Expresso”.

Além de Pedro Abrunhosa, no espetáculo vão atuar 200 bateristas, 300 guitarristas, 200 baixistas, 50 teclistas e 250 cantores.

Os bilhetes estão à venda online e custam 45€. Os mais talentosos podem também aproveitar e inscrever-se no site para fazer parte da banda. 

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT