Música

Portugal é um dos 10 países da Europa com os melhores festivais de verão

Os eventos ao ar livre para aproveitar o bom tempo e a boa música já se tornaram um marco internacional do nosso País.
Tanto para fazer.

Verão é sinónimo de festivais de música.  Em junho, o Primavera Sound, no Porto, marca a abertura da temporada, seguido pelo Rock in Rio, pelo NOS Alive, pelo Super Bock Super Rock ou pelo Vodafone Paredes de Coura. O nosso País entrou definitivamente nos roteiros dos grandes nomes da música mundial e os eventos nacionais já conquistaram um local de destaque no ranking europeu.

A revista “Cotswold Outdoor” revelou a 15 de maio os melhores destinos da Europa para os festivaleiros, com base no número de festivais per capita realizados ao ar livre. Malta ficou em primeiro lugar, com um rácio impressionante entre a quantidade de eventos e a densidade populacional. A ilha é palco de iniciativas como o MTV Malta ou o Malta Jazz Festival, com inúmeros artistas internacionais.

A Croácia ocupa a segunda posição do ranking. O país dos Balcãs tem 19 eventos de verão que combinam música vibrante e paisagens fantásticas. O Outlook Festival, no histórico forte de Pula e o INmusic Festival em Zagreb foram destacados na”Cotswold Outdoor” pelo alinhamento diversificado.

O pódio ficou completo com os Países Baixos, em particular Amesterdão, que ocupa o terceiro lugar, com 52 festivais. “O Amsterdam Dance Event transforma a cidade no centro global da música eletrónica, atraindo DJ e fãs de música de todos os cantos do mundo”, destaca a publicação.

Portugal está em nono lugar com 16 festivais, ficando acima apenas da Bélgica, onde acontece o emblemático Tomorrowland. O Reino Unido, que ocupa a sexta posição do ranking tem 145 eventos musicais de verão, dos mais diversos estilos. O mais conhecido, Glastonbury, é o segundo maior festival de música ao ar livre do mundo.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT