Música

Promotores de festivais e eventos querem lotação completa para vacinados e pessoas testadas

A associação do setor apresentou várias medidas ao governo e pede que sejam tomadas imediatamente.
O apelo foi feito esta quarta-feira.

A Associação Promotores de Espetáculos, Festivais e Eventos (APEFE) pediu ao governo português que alivie neste momento as restrições ao setor da cultura e dos eventos no geral. Foram apresentadas medidas específicas — e pedem que sejam tomadas imediatamente.

O apelo foi feito por uma carta enviada esta quarta-feira, 28 de julho, na véspera do Conselho de Ministros desta quinta-feira, dia 29, que irá avaliar várias restrições do combate à pandemia. A APEFE pede que as salas de espetáculo possam ter lotação completa para pessoas que apresentem certificado digital de que levaram a vacina contra a Covid-19 ou que apresentem um teste negativo.

Além disso, a associação apela a uma liberalização dos horários em que as salas podem funcionar, e pede-se um reforço do  programa de apoio aos trabalhadores de teatro, música, dança e outras atividades artísticas.

A APEFE diz que é urgente tomar medidas como estas porque o setor continua a viver “uma situação desesperante de falta de trabalho”. “Precisamos de um calendário efetivo com as regras que nos permitam trabalhar”, escreveram os promotores. A associação lamentou ainda o facto de os eventos-teste não terem tido resultados.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT