Música

Ryan Adams anuncia série de covers gravados ao vivo

“Aching to Be”, dos The Replacements, é o primeiro single. Cada lançamento vai incluir duas faixas todas as semanas.
Está de volta.

No final de 2023, no regresso aos palcos após acusações de “má conduta sexual”, Ryan Adams arriscou e gravou um remake completo do clássico “(What’s The Story) Morning Glory?”, dos Oasis. Cada canção foi despida apenas ao que o vocalista considerou essencial. O exercício foi semelhante ao que já tinha feito em 2014, quando reinterpretou na íntegra um disco com covers de “1989”, de Taylor Swift, e deixou os fãs à espera de outras versões inéditas.

Com uma nova digressão mundial a caminho, o artista anunciou esta sexta-feira, 3 de maio, o primeiro lançamento de uma nova série de covers. Cada lançamento consistirá em singles de duas faixas, gravados em vários espetáculos a solo nos últimos dois anos, que serão lançados todas as sextas-feiras durante as próximas 24 semanas. Feitas as contas, é o equivalente a 48 novas faixas.

“Aching to Be”, uma nova interpretação da canção da banda The Replacements, é o primeiro single disponível deste projeto e já está disponível nas plataformas de streaming. O tema vai ser acompanhado de “Black Sheets of Rain”, gravado originalmente pelo norte-americano Bob Mould, em 1990.

“Para mim, começar no que para a maioria era o fim do catálogo dos Replacements era o ideal. Esta era uma banda que, segundo todos os relatos, tinha uma missão. Perder”, partilha numa nova sobre o primeiro trabalho. “Independentemente do barulho dos carros da polícia, do sangue e da masquera, eles escreviam canções a sério. As canções são importantes.

E conclui: “Para mim, será sempre a capa a preto e branco, as canções mais bonitas e a tapeçaria dentro de uma banda num álbum passado, onde a piada talvez tenha passado de uma gargalhada para algo assustador. As rugas debaixo dos olhos já não são apenas de estar cansado. Mas estão lá para ficar. Como todos os meus dentes.”

A nova digressão, que celebra os 20.º e 10.º aniversários de “Love is Hell” e “Self-Titled”, respetivamente, arranca no dia 7 de junho na Califórnia, nos Etados Unidos. Há datas marcadas até 27 de novembro com passagem por vários países da Europa, no entanto, Portugal não foi incluído na lista. Os bilhetes podem ser comprados online.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT