Música

Divórcios conturbados e sexo após casamento: as relações mediáticas dos Jonas Brothers

O grupo atua este sábado, 22 de junho, no Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa. É a primeira vez que dão um concerto em Portugal.
São os cabeças de cartaz.

Os Jonas Brothers cresceram debaixo dos holofotes graças às participações em diferentes projetos da Disney Channel, nomeadamente “Camp Rock” e numa série própria, “Jonas L.A.”. O talento musical também os tornou conhecidos entre a geração mais nova — e que entretanto já cresceu, tal como eles.

Com uma carreira que soma inúmeros êxitos, faz sentido que sejam os cabeças de cartaz do Rock in Rio já este sábado, 22 de junho. Vão subir ao Palco Mundo pelas 23h45. 

Tal como seria de se esperar, os três irmãos já estiveram envolvidos em várias polémicas e as suas vidas sempre foram escrutinadas, especialmente as de Nick e Joe que, graças à aparência física, se tornaram os mais populares da banda.

As relações amorosas sempre foram os principais tópicos de conversa visto que, como muitas outras celebridades, sempre namoraram pessoas da indústria do entretenimento. O facto de serem estrelas da Disney Channel significa que o escrutínio foi mais intenso quando eram mais novos.

A atribulada vida amorosa de Nick Jonas

Nick, agora com 31 anos, nunca esteve envolvido numa polémica que pudesse pôr fim à carreira. Manteve relações com outras cantoras extremamente populares e quando os relacionamentos chegaram inevitavelmente ao fim, acabou por receber ondas de ódio por parte dos fãs das ex-namoradas.

Uma das suas primeiras e mais notáveis relações foi com Miley Cyrus. Esta história começou em meados dos anos 2000, durante as gravações de “Hannah Montana”, onde Miley interpretava a protagonista e Nick, juntamente com os irmão, fazia parte da banda Jonas Brothers (inicialmente fictícia, mas que acabou por se tornar realidade graças ao sucesso e à procura).

A química era palpável e foram-se aproximando naturalmente, o que levou ao início de um namoro. Embora detalhes exatos sobre o momento exato em que eles começaram a namorar não sejam amplamente divulgados, a especulação sobre o romance entre ambos cresceu à medida que eles eram frequentemente vistos juntos em importantes eventos.

A confirmação pública do relacionamento veio em 2006, através de entrevistas e declarações que ambos fizeram à imprensa da época, consolidando a sua posição como um dos casais jovens mais populares daquele período na cultura pop.

Não duraram muito tempo juntos, visto que terminaram em dezembro de 2007. Segundo o que contaram, afastaram-se devido às carreiras ocupadas e que os obrigava a passarem muito tempo longe um do outro. “Nós crescemos e agora estamos em caminhos diferentes, mas ela será sempre alguém importante na minha vida”, contou Nick à “People” em 2008. “Foi uma parte linda da minha vida.”

Pouco tempo depois começou a namorar com Selena Gomez, outra ex-estrela da Disney Channel — era a protagonista de “Os Feiticeiros de Waverly Place”. Foram vistos pela primeira vez em 2008 e embora nunca tenham confirmado oficialmente que estavam juntos, a presença constante em galas de prémios e eventos levou os fãs a acreditar que tinham, de facto, um relacionamento amoroso. 

A paixão foi breve e a chama apagou-se rapidamente — terminaram em 2009. Mesmo assim, continuaram a ser amigos. “É alguém com quem realmente me preocupo”, revelou o cantor à “E! Online” no mesmo ano.

Após alguns anos com namoros esporádicos e pouco sérios, iniciou uma relação com a ex-miss Universo, Olivia Culpo, em 2013. Conheceram-se através do X (na altura Twitter) e rapidamente se tornaram um dos casais favoritos dos fãs, acima de Miley e Selena.

Nick é casado com Priyanka Chopra desde 2018.

Em diversas entrevistas, Nick não poupou nos elogios à então namorada. “Ela é simplesmente incrível e sou um sortudo por a ter na minha vida”, contou à “E!”. E acrescentou: “Estamos a tentar manter o relacionamento forte. Acho que ela é uma parte crucial da minha vida atualmente.”

Este fascínio era partilhado pela manequim e atriz. Em conversa com a revista “Latina” em 2014 revelou que o artista era a sua alma-gémea e que não se imaginava ao lado de mais ninguém. “Conhecemo-nos bem e apoiamo-nos mutuamente. Acho que o apoio é a chave de qualquer relacionamento”. Em 2015, reforçou a mensagem e disse ao programa “Access Hollywood” que “o Nick é uma pessoa incrível e estamos muito felizes juntos”.

O sentimento foi de pouca dura, visto que naquele mesmo ano anunciaram aos fãs que se tinham separado. Mais uma vez, Nick manteu o secretismo do porquê de terem acabado, mas as revistas internacionais como a “People” afirmam que foi devido aos compromissos profissionais que começaram a colocar uma pressão cada vez maior na relação.

Parece que o músico finalmente teve o seu final feliz com a atriz Priyanka Chopra. Não se sabe quando as coisas entre ambos ficaram mais sérias, mas a primeira vez que foram vistos juntos foi em 2017, na Met Gala.

No ano seguinte, em dezembro, casaram-se numa cerimónia extravagante na Índia que combinava tradições indianas e ocidentais. “Ela é a tal”, contou o irmão Jonas à “Vogue”. “É sem dúvida a pessoa mais incrível que já conheci”.

Continuam juntos, mas têm enfrentado vários obstáculos pelo caminho, sendo o principal as críticas constantes à diferença de idades — Nick tem 31 anos e a atriz tem 41. Estes dez anos, contudo, não são um problema para eles.

“Fazem-me pensar muito sobre isso. Estaria a mentir se dissesse que isso, às vezes, não me incomoda, principalmente porque nós, enquanto mulheres, julgamo-nos imenso e pensamos sempre que nunca somos suficientes”, lamentou Priyanka Chopra à “Elle UK”.

O marido também já abordou este assunto numa entrevista à “Harper’s Bazaar” em 2019. “Eu amo como ela faz com que as pessoas questionem as expectativas tradicionais. Mas não é fácil estar com alguém mais velho por causa da reação das pessoas à nossa volta. Tentamos não ligar aos comentários que fazem online e que saem nas revistas.”

A relação de Kevin com uma evangélica

Kevin sempre foi o irmão menos famoso do grupo. Talvez tenha sido por isso que a sua relação atual começou de forma bastante modesta. Durante umas férias nas Bahamas em 2007 conheceu a cabeleireira Danielle Deleasa, que admitiu à “People” que não fazia ideia “quem eram os Jonas Brothers”.

Nos primeiros anos, pouco falavam sobre a relação. Foi apenas em 2009, quando se casaram, que começaram a abordar este assunto mais abertamente. Poucos dias após a cerimónia, contou durante uma conferência de imprensa que “o sexo da noite de núpcias não valeu a pena.” “Foi só isto?”, pensou. Isto porque Danielle, de 37 anos, cresceu no seio de uma comunidade evangélica, ou seja, não o casal não tinha tido relações sexuais antes de se tornarem oficialmente marido e mulher.

Parece, contudo, que esta primeira tentativa falhada não fez com que parassem de se envolver fisicamente, visto que em julho de 2013 anunciaram que iam ser pais pela primeira vez. “A Danielle está grávida. Nem conseguem imaginar o quão entusiasmado estou”, escreveu no Twitter. “Mal posso esperar para partilhar esta experiência com a minha melhor amiga.” Alena Rose nasceu a 2 de fevereiro de 2014.

Dois anos depois, chegaria Valentina Angelina, a 27 de outubro de 2016. “Não podíamos estar mais contentes. A Alena já está super entusiasmada porque vai ser uma irmã mais velha”, disse num comunicado enviado à “People”.

Volvidos quase 20 anos, a relação continua forte e não parece ter um fim à vista, garante o músico. “Sempre que não estou em tour vou a casa para estar com elas, mesmo que seja apenas um dia. Nós não conseguimos estar afastados durante muito tempo. Apesar de ser difícil, vou sempre lá nas minhas folgas, fico durante 12 horas e depois vou para os concertos novamente”, disse à mesma publicação.

A batalha legal entre Joe Jonas e Sophie Turner pelas filhas

Joe Jonas e Sophie Turner pareciam ter uma das relações mais fortes de Hollywood. Brincavam frequentemente um com o outro através de publicações nas redes sociais e sempre que eram vistos juntos estavam muito próximos. 

Foi num concertos dos Kings of Leon nos Países Baixos que foram fotografados pela primeira vez, em 2016. Até hoje não se sabe como se conheceram, mas muitos relatos dizem que foram apresentados por amigos em comum. “Seguíamo-nos no Instagram e, a certo dia (e muito do nada) ele enviou-me mensagem”, disse a atriz à “People”.

Sempre tentaram manter a sua vida privada e raramente falavam um do outro às revistas, mas por vezes abriam exceções. À “Marie Claire”, Sophie disse que era muito feliz graças ao namorado.

Já o músico contou à “Vogue”, em 2018, que tinham um equilíbrio saudável entre o trabalho e o tempo que passavam juntos. “Ela ajudou-me a conhecer uma nova versão de mim mesmo e a ganhar confiança em quem sou”.

Para surpresa de toda a gente, ficaram noivos logo em 2017, após um ano de namoro. Mais surpreendente ainda foi o casamento. Em maio de 2019, após terem aparecido nos Billboard Music Awards, decidiram dar o nó numa cerimónia improvisada em Las Vegas.

Seguiriam-se dois bebés: Willa, nascida a 22 de julho de 2020, e Delphine, que nasceu a 14 de julho de 2022. “Para mim, a vida é isto: criar a próxima geração. O melhor prazer que existe é ver as minhas filhas crescerem. É a maior bênção de sempre”, disse Sophie Turner através de uma publicação no Instagram.

Aquilo que era uma relação de sonho rapidamente se tornou num pesadelo público a 5 de setembro de 2023, quando Joe Jonas pediu o divórcio. “O casamento está irreparavelmente destruído”, lia-se num documento obtido pela “People” e submitido ao tribunal de Manhattan.

No dia seguinte, o ex-casal partilhou um comunicado oficial. “Depois de quatro anos maravilhosos, decidimos mutuamente acabar com o casamento de forma amigável. Há aí muitas especulações sobre o porquê, mas esta foi mesmo uma decisão unida e esperamos que todos respeitem a nossa privacidade.”

A 21 de setembro, o caso ficou ainda mais sério quando Sophie processou Joe para que as filhas pudessem ir com ela para o Reino Unido. Alegou que estavam a ser “ilegalmente mantidas” ao pé do ex-marido.

Os documentos afirmavam que tinham concordado em escolher Inglaterra como o seu “lar para sempre” e estavam em processo de compra de uma casa no interior do país em abril, após terem vendem uma propriedade em Miami. Durante esse período, Turner começou a filmar a minissérie “Joan” e terá concordado em deixar as filhas com Jonas durante a digressão. O cantor teria mais tempo para lhes dedicar, embora estivesse “hesitante” quanto ao “acordo temporário”.

Tiveram um divórcio difícil.

Depois do músico ter pedido o divórcio, Sophie reiterou o plano de se mudar para o Reino Unido. Contudo, a 19 de setembro o advogado de Jonas confirmou à equipa jurídica de Turner que ele não entregaria os passaportes nem consentiria que as filhas se mudassem. “Ele recusa-se em entregar os passaportes e em mandar as filhas para ao pé da mãe”, afirmou a “People”, citando fontes do ex-casal.

No mesmo dia, o cantor respondeu às alegações da atriz, afirmando que estava a mentir. “Este é um infeliz desacordo jurídico sobre um casamento que infelizmente está a terminar. Quando se utiliza palavras como ‘rapto’ é enganadora, na melhor das hipóteses e, na pior, um grave abuso do sistema jurítico. As miúdas não foram sequestradas.” A 17 de janeiro, a estrela de “A Guerra dos Tronos” retirou o pedido.

Nas redes sociais, rapidamente choveram críticas contra a britânica e começou a ser questionado o seu papel enquanto mãe. Sophie não conseguiu ignorar o que estava a ser dito e, em maio, acbou por abordar o assunto. 

“Foram os piores dias da minha vida”, revelou à “Vogue”. “Lembro-me de estar no set a gravaa ‘Joan’ e pediram-me para ficar mais duas semanas. Não podia sair. As minhas filhas estavam nos Estados Unidos e eu não conseguia ir ter com eles. Depois, começaram a sair artigos sobre mim. Magoou-me porque eu torturo-me imenso quando começo a pensar se sou realmente uma boa mãe. Tive de pensar que nada do que estava a ser dito era verdade para me conseguir acalmar. Sou uma boa mãe e nunca fui uma rapariga de passar a noite em festas, como andava a ser dito.”

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT