Música

São José Lapa critica insultos de Abrunhosa a Putin: “A minha voz não é a tua voz”

O músico insultou abertamente o presidente russo durante um concerto em Águeda. O tema tem sido polémico nos últimos dias.
Fotografia: LionelBalteiro / MínimaIdeia.

As declarações de Pedro Abrunhosa durante um concerto em Águeda no início do mês, no qual se mostrou contra invasão da Ucrânia por parte da Rússia, continuam a gerar polémica. “Vladimir Putin, go fuck yourself” foram algumas das palavras que levaram a Embaixada da Rússia em Portugal a emitir um comunicado sobre o assunto.

No documento, citado pela “Expresso”, a instituição descreveu estas declarações como “indignas do homem de cultura que, ainda por cima, representa o País”, e avisou o músico de que “os seus gritos vergonhosos se enquadram em mais de que um artigo da legislação penal portuguesa”.

A resposta de Abrunhosa não se fez esperar. “Compreendemos que a Embaixada da Rússia não entenda facilmente o significado de liberdade de expressão, mas não deixa de ser inédito e muito preocupante que um cidadão português, em Portugal, seja assim intimidado por uma representação diplomática estrangeira”, lê-se na nota divulgada.

“O silêncio é cúmplice. A minha voz é a voz dos portugueses. Este comunicado é, em todos os títulos, absolutamente abjeto. Esperava que a Embaixada se preocupasse com os civis que estão a morrer”, acrescentou.

Apesar de Abrunhosa ter recebido apoio por parte de dezenas de personalidades e artistas nos últimos dias, a atriz São José Lapa fez questão de revelar nas redes sociais que não se sente representada pelo artista.

“A minha voz NÃO é a tua voz, Pedro Abrunhosa. Aliás, tu NUNCA tiveste voz… Nunca! Quanto ao resto, bem podes dizer vitupérios nos teus concertos… Estou-me nas tintas se até as Pussy Riot já se tornaram pornográficas. Força”, disse, citada pela CNN Portugal. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT