Música

“Se ele não gostar de Portugal, não serve”, diz Anitta sobre o namorado

A cantora brasileira falou com a imprensa portuguesa antes do concerto no Rock in Rio Lisboa.
Murda Beatz esteve no palco com Anitta.

Cerca de uma hora antes de subir ao Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa, Anitta falou com a imprensa portuguesa nos bastidores do Parque da Bela Vista. A cantora brasileira explicou, por exemplo, porque trouxe a família para Portugal.

“Os meus tios, os meus avós… O sonho deles era conhecer Fátima. Se não acordar cansada amanhã, vou com eles”, disse, referindo-se ao dia desta segunda-feira, 27 de junho. Com a família de Anitta veio também o namorado, o produtor canadiano Shane Lee Lindstrom, mais conhecido como Murda Beatz. “Trouxe o meu boy. Se ele não gostar de Portugal, não serve”, brincou a artista.

Anitta disse ainda que se inspirou no espetáculo que levou ao festival Coachella, nos EUA, para preparar o concerto do Rock in Rio Lisboa. Apesar disso, apresentou um “repertório diferente”, com mais música em português.

“Quem me ajudou [a definir o alinhamento] foram portugueses. Quando soube que tinha mais 15 minutos [de atuação], perguntei a uma menina no aeroporto o que é que deveria cantar mais: esta ou aquela?”

A cantora também comentou o facto de a Air France ter perdido temporariamente as suas bagagens. “Fiz barraca para a mala aparecer. Alguns amigos cantores perdem tudo. Vou fazer um barraco, acha que vou dar esse dinheiro de novo?”

Questionada sobre com que artista português gostaria de fazer uma colaboração — visto que Anitta é muito dada a fazer canções com outros músicos —, a brasileira só mencionou um nome: “Acompanhei o show do David [Carreira], foi muito bom”, deixando a entender que veria no cantor português uma boa hipótese de colaboração.

Anitta abordou ainda a tour europeia que está a fazer — e que a vai fazer regressar a Portugal a 17 de julho, quando atua no festival MEO Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia. “Há muitos brasileiros nos meus shows, não é vergonha nenhuma, mas também há gente de outros países.”

Leia também a crítica da NiT ao concerto de Anitta.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT