Música

The Sphere já perdeu quase 100 milhões de euros desde a abertura

A espetacular sala de espetáculos de Las Vegas vive a primeira crise apenas dois meses depois da inauguração.
Nem tudo reluz nesta esfera

As imagens do primeiro espetáculo dos U2 correram o mundo, quando no final de setembro a banda irlandesa deu início à sua residência na sala de espetáculos mais curiosa do mundo. Mas se os fãs têm gostado do que vêem, os gestores nem por isso.

A The Sphere registou perdas de cerca de 89 milhões de euros desde a sua abertura a 29 de setembro. A sala, que representou um investimento de mais de dois mil milhões de euros, é operada pela empresa que gere o Madison Square GGarden.

As receitas incluíram cerca de 3,7 milhões de euros dos espetáculos esgotados dos U2 e cerca de 2,4 milhões de euros proveniente da publicidade na exosfera. No entanto, um relatório de analistas de Wall Street prevê uma perda trimestral de cerca de 1,15 euros por ação.

Perante este cenário, o diretor financeiro da The Sphere, Gautam Ranji, decidiu renunciar ao cargo. Segundo o “New York Post”, Ranji avançou para a demissão depois de uma discussão com o CEO James Dolan, que terá “gritado e berrado” com o CFO.

Saiba mais sobre os bastidores da gigantesca residência dos U2 em Las Vegas neste artigo da NiT.

Carregue na galeria para ver mais imagens do concerto dos U2 na nova sala de espetáculos Sphere, em Las Vegas.

ver galeria

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT