Música

U2 vão atuar nos Grammy, mas ficaram de fora do palco da cerimónia

O grupo vai transmitir a atuação a partir da sala futurista onde tem atuado em Las Vegas. Billie Eilish, Olivia Rodrigo e Dua Lipa também vão cantar.
A banda é mais uma das confirmações.

A 66.ª edição dos prémios Grammy vai contar com uma atuação especial. Os U2 vão atuar a partir da The Sphere, a sala futurista de Las Vegas estreada pelo grupo irlandês. O concerto será transmitido em direto na Crypto.com Arena, em Los Angeles, a 4 de fevereiro.

A banda vai ainda apresentar um dos vencedores a partir do mesmo local, segundo avança a “Billboard”. Os U2 têm estado em permanência nesta curiosa sala de espetáculos desde o ano passado. O ciclo de concertos vai durar até ao dia 16 de dezembro, e está a ser marcado pela ausência do baterista, Larry Mullen Jr., que se encontra a recuperar de um conjunto de cirurgias aos joelhos, aos cotovelos e ao pescoço. Foi substituído pelo seu antigo aprendiz, Bram van den Berg.

A Sphere, que fica perto da Las Vegas Strip, começou a ser construída em 2019, com um orçamento total que ultrapassou os 2,2 mil milhões de euros. A obra foi imaginada pelo empresário James Dolan, que também é proprietário do Madison Square Garden e de franchises desportivos como os New York Knicks e New York Rangers.

Billie Eilish, Dua Lipa e Olivia Rodrigo são outros dos nomes que farão parte dos espetáculos da cerimónia dos Grammy. Nesta edição, a cantora e compositora norte-americana SZA lidera as nomeações com nove indicações, num ano em que as artistas femininas dominam as principais categorias. Miley Cyrus, Taylor Swift, SZA e Olivia Rodrigo e Jon Baptiste estão nomeados para as três categorias principais dos Grammy: Álbum do Ano, Canção do Ano e Gravação do Ano.

Aproveite e carregue na galeria para ver algumas das imagens mais impressionantes que foram partilhadas do espetáculo.

 

ver galeria

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT