Televisão

Sérgio Graciano: “‘Da Mood’ é um dramedy feito por pessoas com problemas reais”

A NiT falou com o realizador da nova série da RTP1 escrita por Henrique Dias, autor de "Pôr do Sol".
O elenco esteve a gravar em Setúbal esta semana. Foto: Filipe Feio/SPi.

Depois do mega fenómeno da série, “Pôr do Sol”, da RTP1, escrita por Henrique Dias, o argumentista tem um novo projeto na estação pública. “Da Mood” trata-se de uma produção SPi e acompanha o nascimento e evolução de uma nova boy band portuguesa.

As gravações dos episódios desta primeira temporada começaram no final do setembro e estão prestes a terminar. Na passada terça-feira, 26 de outubro, o elenco da série e o realizador Sérgio Graciano estiveram em Setúbal (mais precisamente no Largo José Afonso), onde gravaram algumas das cenas que poderá ver nos últimos capítulos da série.

Apesar de ainda não terem sido revelados detalhes sobre o desenvolvimento da história, sabe-se já que a banda é formada por Rui (Miguel Raposo), Gonçalo (José Mata), Tiago (Leo Bahia), Rúben (Tiago Teotónio Pereira) e Diogo Martins (Cláudio). Rui Melo, o autor das músicas de “Da Mood” interpreta Mário, o agente do grupo.

Do elenco feminino fazem parte as atrizes Carolina Carvalho e Bárbara França. Ao contrário de “Pôr do Sol”, que se tornou um sucesso devido à sátira permanente aos clichés das novela portuguesas,“Da Mood” será diferente. 

Os autores descrevem a série como um dramedy — ou seja, uma junção de episódios cómicos com momentos altamente dramáticos vividos pelas várias personagens.

Ansiedade, depressão, adição, relações amorosas, consumo de esteróides e traumas de infância são alguns dos temas abordados na série. O realizador Sérgio Graciano falou com a NiT sobre o nascimento deste novo projeto.  

“A génese desta série começou há cerca de dois anos quando tive a ideia de fazer um projeto sobre uma banda só com rapazes. Falei com o Henrique Dias e com o Rui Melo e começámos a delinear o que viria a ser o ‘Da Mood’. Basicamente a história acompanha a evolução de um grupo composto por pessoas com problemas muito reais e que caem completamente de pára-quedas naquela realidade. Não há aqui nada de jocoso e não é, de todo, uma sátira às boy band”, revela.   

Todas as personagens foram criadas a pensar no elenco escolhido, com exceção dos atores brasileiros Leo Bahia e Bárbara França. À NiT, Rui Melo explicou que “a série fala muito mais sobre problemas comuns da sociedade do que propriamente o dia a dia de um grupo musical daquele género”. E acrescenta: “a escolha da boy band é apenas um pretexto para se tratarem de assuntos mais sérios e foi isso que me fascinou”.

“Da Mood” tem estreia marcada para 2022, mas ainda sem data exata definida. Não está confirmado o número de episódios, nem se haverá mais do que uma temporada.

Carregue na galeria para conhecer melhor o elenco de “Da Mood”. 

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT