Teatro e exposições

“O Elogio da Melancolia” é a nova exposição de António Faria em Lisboa

O pintor nasceu em Lisboa, em 1966, mas a sua infância ficou mais marcada pela paisagem verde de Sintra do que pela cidade.
É um guache sobre papel fabiano .

A arte de António Faria está prestes a ter nova casa durante os próximos meses- A partir de 17 de setembro e até 30 de novembro, o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, em Lisboa, vai apresentar uma série de trabalhos recentes do pintor, numa exposição de obras de grandes formatos que nos envolvem por completo.

Nas pinturas, o artista vai explicar a melancolia e a sensação de espaço fechado, usando a Natureza para representar de modo puramente emocional, a floresta invade-nos e o espaço da obra confunde-se, assim, como o da nossa imaginação. A exposição tem a curadoria de Emília Ferreira e integra-se no âmbito do projeto Portugal entre Patrimónios — que serve para criar experiências que combinam, a diferentes escalas, a arte, a sociedade, território e competências sociais.

A exposição vai estar aberta de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas, no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado. Os bilhetes custam 4,50€ para o público em geral, mas são gratuitos para residentes nacionais e nas visitas ao domingo e feriados até às 14 horas, para crianças até aos 12 anos e outras pessoas, sendo que pode consultar todas as condições no site do museu.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT