Teatro e exposições

A nova (e luminosa) obra de Bordalo II está guardada num elétrico centenário

“Lighted Crows” vai estar no Terreiro do Paço, em Lisboa, até 16 de outubro. À noite mostra todo o seu esplendor.

Um velhinho elétrico amarelo mantém-se imóvel junto ao arco da Rua Augusta. Até aqui, nada de anormal neste cenário tipicamente lisboeta. Contudo, ao escurecer, são as luzes manobradas por Bordalo II que dão vida ao elétrico 525 que veio diretamente do Museu da Carris.

A iniciativa teve como ponto de partida o aniversário da Carris, comemorado a 18 de setembro. O artista foi convidado a participar na festa dos 150 anos e, para assinalar a data, criou uma instalação luminosa à base de néons.

As figuras são facilmente reconhecíveis. “Lighted Crows” retrata dois corvos feitos de materiais que o artista plástico recolhe do lixo. O símbolo lisboeta abriga-se então no interior do elétrico, onde sobressaem as luzes fortes e garridas dos néons.

A obra ficará em exibição no Terreiro do Paço até 16 de outubro. Depois de um mês na baixa lisboeta, irá ser transferida para a zona das Amoreiras. Deverá manter-se por lá durante os próximos dois anos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT