Teatro e exposições

BoCA Bienal online junta Mariana Monteiro, Gonçalo M. Tavares e muito mais

A bienal de artes contemporâneas tem uma programação especial para os tempos de quarentena.
O escritor consta da programação.

A BoCA, bienal de artes contemporâneas portuguesa, criou uma programação online para os tempos de isolamento social em que o País se insere devido à pandemia do novo coronavírus.

Fazem parte do programa conversas online, instruções de performances para ativação em casa, exibição de vídeos de performances e filmes de artistas, live streaming de performances, entre outras.

O evento arranca esta semana com Bill T. Jones, Gonçalo M. Tavares, Mariana Monteiro, Cecilia Bengolea e vídeos da coleção Tate Rooms — uma parceria com a Tate Modern.

John Romão, diretor artístico da BoCA propõe por tempo indefinido (enquanto a quarentena durar) um “programa construído de raiz que reflita sobre o estado do mundo e sobre as arquiteturas do sensível que habitamos agora: o corpo, a casa e a câmara, elementos que são referências centrais da história da experimentação artística”, explica a organização em comunicado.

A programação pode ser consultada e vista nos canais online do festival — site oficial, YouTube, Instagram, Facebook e Twitter. No dia 24, sexta-feira, há conversa online com Gonçalo M. Tavares no YouTube, às 19 horas.

No sábado, é possível assistir a uma live performance via streaming de Odete, seguida de conversa com John Romão, no mesmo canal e à mesma hora. Já no domingo, dia 26 de abril, é a vez de Mariana Monteiro falar do livro “Mulheres”, de Eduardo Galeano, no Instagram, às 16 horas.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

NiTfm

AGENDA NiT