Teatro e exposições

Bordalo II transforma escadaria de Lisboa numa bandeira da Palestina ensanguentada

A nova intervenção do artista, “Guilty Steps”, é um apelo à paz em Gaza. Cada passo espalha a tinta vermelha pelo símbolo.
A bandeira foi mudando.

Primeiro, estendeu o “Walk Of Shame” coberto com notas falsas que colocou no altar-palco da JMJ construído para a visita do Papa; mais tarde, pintou, a vermelho, o símbolo de tourada na sinalética do Campo Pequeno, Agora, Bordalo II voltou a criar uma obra de protesto, desta vez, a favor da libertação da Palestina.

A mais recente intervenção do artista plástico aconteceu na estação de comboio de Santos, em Lisboa, e chama-se “Guilty Steps”. A ação critica a ação das forças militares israelitas na Faixa de Gaza. “Enquanto o mundo está a ver”, escreveu o autor, ao partilhar a ação na sua página de Instagram esta segunda-feira, 13 de novembro.

E acrescentou: “Mais uma vez, isto não é um jogo de merda. Não há que escolher lados, porque no fim são sempre as pessoas que perdem. Tudo o que precisamos é de paz e empatia.”

No vídeo, pode ver-se uma série de pessoas a passar por cima de uma pintura da bandeira palestiniana no chão. O alerta podia ficar-se por aí, no entanto, à medida que as pessoas pisam a tinta vermelha, ainda líquida, espalham-na a cada passo que dão. No final, os passos “culpados” representam o sangue derramado no conflito.

O sucesso das exposições de Bordalo II já atravessaram fronteiras. Entre 28 de março e 3 de maio de 2023, teve várias peças em mostra na galeria Usina Luis Maluf, em São Paulo (Brasil). “Bicho Homem” apresentava cerca de 40 obras inéditas. Simultaneamente, na cidade também havia uma série de murais assinados pelo artista.

Aproveite e leia também a entrevista da NiT ao célebre artista português.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Bordalo II (@b0rdalo_ii)

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT