Teatro e exposições

Gulbenkian vai receber uma mega exposição sobre faraós e arte egípcia

"Faraos Superstar" promete ser a maior mostra de arte egípcia alguma vez feita no País.
Exposição está marcada para 2022

Em outubro de 2022, o Museu Calouste Gulbenkian, em Lisboa, vai ter uma exposição dedicada aos faraós, do antigo Egito, anunciou o diretor do museu, António Filipe Pimentel, segundo a Agência Lusa, citada pelo “Diário de Notícias“.

António Filipe Pimentel revelou que deverá ser a maior exposição portuguesa ligada aos faraós e à arte egípcia: “Serão duas exposições numa só, numa perspetiva desde o século XVIII até à atualidade, e numa perspetiva contemporânea”. Nesta exposição haverá então dois olhares quanto à arte egípcia: um olhar para o passado e um olhar para a contemporaneidade. “Faraos Superstar” será a nova aposta do museu.

O historiador de arte António Filipe Pimentel e o curador francês Benjamin Weil foram anunciados em dezembro como responsáveis para liderar a mudança dos museus da Fundação Calouste Gulbenkian.

Quanto a mais planos para este ano, António Pimentel refere a campanha “Art Matters”, com ligação ao movimento “Black Lives Matter”, impulsionado pelos acontecimentos de maio do ano passado, lembrando que “é preciso respirar, que a arte serve de consolo e abre a perspetiva criativa que contribui para aumentar a resistência da Humanidade”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT