Teatro e exposições

Eunice Muñoz despede-se dos palcos com uma peça de teatro feita com a neta

“A Margem do Tempo” estreia esta terça-feira, no auditório com o nome da atriz, em Oeiras.
Lídia e Eunice Muñoz interpretam a peça.

Aos 92 anos, Eunice Muñoz está a celebrar 80 anos de carreira, ao mesmo tempo que se despede dos palcos. Este marco acontece com “A Margem do Tempo”, peça que estreia esta terça-feira, 20 de abril, a partir das 20h30.

Pode ser vista no auditório de Oeiras com o nome da atriz. O elenco conta ainda com Lídia Muñoz, neta de Eunice Muñoz, a quem passa o testemunho. O espetáculo debruça-se sobre uma série de reflexões sobre o papel da mulher na sociedade. Conta com música do maestro Henrique Feist.

“Que vida a que nos é permitida pela atual sociedade? Conquistadas as 40 horas de trabalho semanal, o que são as outras 128? Tempo livre para o exercício de que liberdade? Que vida a de uma mulher empregada de uma fábrica, na meia idade, sem vida sexual? Até que ponto isto por que lutámos desde o princípio do século, o poder de uma mulher ganhar a sua vida e viver a sua vida só, veio alterar a sociedade? Ou até que ponto não foi só arranjar um lugar nas margens da sociedade, lugar improvisado provisório, vida interina? Numa sociedade organizada sobre as relações de produção e sobre a família, que lugar tem a mulher só?”, são apenas algumas das questões que estarão em destaque nesta peça.

Com encenação de Sérgio Moura Afonso, os bilhetes variam entre os 10€ e os 12,50€. São quatro datas em Oeiras e as entradas podem ser compradas online. A partir de 27 de abril vai poder ver a peça no Cine-Teatro Louletano, em Loulé.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT