Teatro e exposições

Exposição mostra o contraste entre Lisboa antes e depois da quarentena

"Dupla Realidade - Lisboa Revisitada" vai estar patente na Galeria Santa Maria Maior.
Uma exposição de Luís Ramos.

Em meados de março, o País percebeu o impacto da pandemia que já tinha chegado a vários países. O Presidente da República decretou estado de emergência e, de um momento para outro, a turística Lisboa viu as suas ruas ficarem vazias um cenário que se repetiu pelo País e pelo mundo fora.

Uma nova exposição na cidade vai permitir-nos olhar para essas estranhas semanas, mostrando-nos na mesma imagem o contraste das duas cidades: a do pré e a do pós-confinamento. Intitulada “Dupla Realidade — Lisboa Revisitada”, a exposição que abre esta quinta-feira, 22 de outubro, mostra-nos estas duas Lisboa em confronto, pela objetiva de Luís Ramos.

Luís Ramos começou como fotojornalista em jornais como o “Público” e o “Expresso”. Vencedor dos prémios Fuji Europress Photo Awards (2000, 2004) e Prémios Visão de Fotojornalismo (2002, 2004, 2005, 2006), mostrou em 2019 no CCB a sua série anterior, “Remember”.

“Dupla Realidade – Lisboa Revisitada” vai estar patente até dia 4 de dezembro, de segunda-feira a sábado, entre as 15h e as 20 horas, na Galeria Santa Maria Maior. A entrada é gratuita com o número de entradas a ser controlado para manter as regras de distanciamento. O uso de máscara é obrigatório.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT