Teatro e exposições

Frida Kahlo usava cadeira de rodas, mas a exposição em Lisboa não tem acessibilidades

A situação é denunciada por uma ativista pelos direitos das pessoas com deficiência. A situação bizarra será resolvida, garante a organização.
Nas redes sociais, as queixas foram muitas.

Depois de ter sido inaugurada no Porto a 10 de março, a exposição “Frida Kahlo, A Vida de um Ícone” está a caminho de Lisboa. Mas parece que a polémica chegou antes. A ideia da organização era criar uma exposição imersiva focada na vida e obra da icónica artista mexicana. Com data marcada para começar a 27 de outubro, no Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras, em Lisboa, o acesso não foi pensado da melhor forma.

O objetivo é dar “total destaque à experiência de vida da artista mexicana”, através de uma “viagem multissensorial”. Porém, a organização ter-se-á esquecido de tornar a experiência acessível para pessoas em cadeira de rodas. As reções surgiram imediatamente e percebe-se porquê. Frida Kahlo era uma artista que usava precisamente uma cadeira de rodas para se deslocar, após um acidente de viação que ocorreu quando era adolescente.

Nas redes sociais, Catarina Oliveira, ativista pelos direitos das pessoas com deficiência, partilhou um vídeo a denunciar esta situação bizarra. “Eu não entro na exposição da Frida. A Frida não entraria na sua própria exposição. Pensando positivo, quem sabe ficaríamos as duas amigas a beber um café à porta”.

Na publicação, Catarina afirmou que inicialmente até pensou que seria uma brincadeira. “Chega a ser trágico levarem uma exposição sobre uma mulher com deficiência que nunca a quis esconder para um local que não é acessível a pessoas com deficiência. Juro que achei que era meme”.

Perante as críticas, a Immersivus, responsável pela organização, esclareceu que, apesar de o edifício histórico não possuir elevador, a acessibilidade será garantida através da colocação de uma plataforma móvel no espaço da exposição.

Durante uma hora, os visitantes vão poder ficar a conhecer a vida de Frida Kahlo através de fotografias, imagens de vídeo, instalações artísticas, e, claro, pinturas projetadas. O projeto resulta de uma parceria entre a Fundação Frida Kahlo Corporation, a galeria Ideal Barcelona e o estúdio criativo Layers of Reality. Os bilhetes ficarão disponíveis a partir de dia 20 de setembro, às 12 horas, e o valor começa nos 11€.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT