Teatro e exposições

Há mais de 30 obras contemporâneas para ver na nova exposição do Coletivo 284

A mostra "Cumplicidades" tem trabalhos de artistas profissionais e outros amadores. As visitas começam no final de junho.
Uma junção de talentos.

Assim à primeira vista, o Coletivo 284 parece apenas uma garagem escura, mas é no seu interior que ficam algumas das melhores (e mais desconhecidas) exposições em Lisboa. Entre muitas cores, objetos, pinturas e fotografias, há muito por ver com a nova mostra chamada “Cumplicidades”. Está patente de 29 a 30 de junho e a 5, 6 e 7 de julho, em horários limitados. 

Junta artes plásticas de temáticas livres com mais de trinta obras que dão a conhecer o trabalho de artistas profissionais e outros em ascensão. Passando por cada uma delas não deixará de reparar nas técnicas, linguagens e diferentes conceitos utilizados na arte contemporânea em Portugal. 

O projeto do Coletivo 284 resulta da parceria com o Coletivo de Valorização Artística (CVA) com sede em Vila Nogueira de Azeitão. Foi idealizado sobre a curadoria de José Carvalho (Zévi), fundador da CVA e responsável por coleções privadas dentro e fora do País. Também explorou a área da cerâmica e esteve ligado à pintura de moda e vestuário.  Alexina, que reaproveita retalhos de vidro para criar esculturas modernas, também é responsável. 

“A intenção é inovadora e propõe oferecer aos visitantes, a oportunidade de apreciar diversos talentos, e também, a experiência de partilhar obras e público de cada artista num único evento, onde se fundem conceitos variados num só tempo e espaço”,  explica a organização. 

Os autores são David Reis Pinto, João Parrinha, José Grazina, Rui Carruço e Zévi. Como convidados estão Alexina, Grow e Bruno Cruz, Maria de Fátima Silva, Carmo Almeida, João da Silva e Fernando Quintas. 

A exposição será inaugurada a 28 de junho, pelas 17 horas. Está disponível ao público em junho (29 e 30) e julho (5,6 e 7) entre as 14 horas e as 19 horas.  Fica na Rua das Amoreiras, nº72 A.

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT