Teatro e exposições

Lisboa tem um novo mural de street art com 45 metros de comprimento

Está num dos muros do Estádio do Casa Pia Atlético Clube e é uma criação da mexicana Sofia Castellanos.

É conhecida pelos seus diversos projetos em murais como o “Todos Somos Uno”, localizado no Centro de Abastos, na Cidade do México, o “Mysteries and Magic”, em Bangkok, e o “El Sueño de la Tlanchana”. A mexicana Sofia Castellanos já é famosa em quase todo o mundo e deixa agora a sua marca em Portugal. A artista pintou um mural de 45 metros em Lisboa. Com pincéis e latas de spray criou a sua mais recente obra, à qual deu o nome “La caravana de la vida” (“A caravana da vida”, em português).

Demorou cerca de uma semana até um dos muros do Estádio do Casa Pia Atlético Clube ganhar uma nova vida em tons de rosas e azuis. No mural foi ainda ilustrada uma bola de futebol, devido ao facto de a parede fazer parte de um estádio da modalidade. O que também demonstra a ideia defendida pela artista mexicana que “os murais pertençam [aos locais] onde estão”. Pode-se ainda ver pintadas as borboletas-monarcas que não são apenas um símbolo do País de onde Sofia Castellanos é natural e que fazem parte da grande maioria dos trabalhos da ilustradora.

“São um símbolo importante da minha própria transformação, porque as borboletas são seres que passam toda a vida a evoluir, a transformarem-se na melhor versão delas, e que apesar de todas as adversidades que podem enfrentar, elas seguem e, eventualmente, conseguem lograr tudo a que se propõem”, explicou a artista à Lusa. 

Com este novo mural, repleto de “elementos que representem o México e Portugal”, a artista de 29 anos pretende, segundo a Renascença, “inspirar as pessoas que passem na Estrada de Monsanto”. E, de acordo com a promotora responsável pela parceria — a Embaixada do México — esta iniciativa tem o objetivo de criar “uma ponte cultural com Lisboa”. A ideia é que depois da pintura do mural pela artista Sofia Castellanos, se juntem, nos restantes muros do Estádio do Casa Pia Atlético Clube, obras de outros artistas.

No entanto, além do mural, o trabalho de Sofia Castellanos pode ser encontrado (e apreciado) até dia 31 de julho na exposição “México. Criadores Contemporâneos”, presente na Galeria de Arte do Instituto Camões. Lá também estão expostas obras dos artistas Alejandro Pintado e Rafael Ibarra.

Ainda antes de regressar ao México, a jovem artista “irá fazer uma residência artística na fábrica de azulejos Viúva Lamego, da qual resultará uma “Lotería” (um jogo mexicano com algumas semelhanças com o bingo) em azulejos que ficará na posse da Embaixada do México”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT