Teatro e exposições

Mistério desvendado: afinal, a Mona Lisa foi pintada noutra região de Itália

A obra de Leonardo Da Vinci continua a ser analisada ao pormenor. Uma das questões em aberto é a localização da paisagem.
Está em exposição no Louvre.

A Mona Lisa é, sem dúvida, uma das pinturas mais famosas do mundo. Aproximadamente 10 milhões de pessoas visitam o Museu do Louvre, em Paris, anualmente, apenas para ver a obra de Leonardo da Vinci. O enigmático sorriso de La Gioconda, como também é conhecida, deu origem a inúmeras interpretações ao longo dos anos.

A paisagem que serve de cenário ao retrato é igualmente misteriosa e deu origem a diversas teorias sobre a localização. O consenso estabelecido entre os especialistas desde 2011 apontava para Bobbio, uma região no norte de Itália. Mas, agora, uma historiadora de arte renascentista afirma ter desvendado o mistério e que se trata de outra região italiana.

Ann Pizzorusso, que é também geóloga, aponta Lecco, nas margens do Lago Como, no norte da Itália, como a localização que inspirou Da Vinci.

Para chegar a esta conclusão, a historiadora fez uma análise combinada a vários elementos da paisagem, da ponte Azzone Visconti de Lecco à cordilheira dos Alpes com vista para o Lago Garlate, — local que Da Vinci visitou há 500 anos.

“É impossível identificar uma localização exata apenas a partir de uma ponte. Todos falam da ponte e ninguém fala da geologia”, explicou no podcast “Global News”, da BBC. Além da infraestrutura, que apresenta uma arquitectura muito comum por toda a Europa na altura, analisou as rochas. As que existem em Lecco são calcárias, ou seja, têm um tom acinzentando, o mesmo que Leonardo Da Vinci utilizou para pintar a paisagem da obra famosa.

No decorrer da investigação, Pizzorusso visitou a região de Como e seguiu os passos do artista. “Sabemos, pelos seus cadernos, que passou muito tempo a explorar a região de Lecco e o território mais a norte. Estou eufórica com esta descoberta. Há uma elevada probabilidade, quase certa, que Leonardo tenha pintado [a paisagem] no local exato onde estamos a realizar a nossa conferência”, concluiu Ann Pizzorusso, quando apresentou as conclusões da sua investigação num evento sobre geologia em Lecco.

Em 2011 Carla Glori apresentou outra teoria. Segundo a investigadora italiana, a paisagem de fundo de Mona Lisa fica na pequena cidade de Bobbio, uma localidade de 3.500 habitantes na região de Emilia Romagna, no norte de Itália. Na altura justificou-o com a ponte desenhada à direita na pintura, sensivelmente à altura do ombro da Gioconda, semelhante à ponte medieval arqueada existente em Bobbio, e com a estrada que contorna a geografia montanhosa da região, também ela presente em fundo no retrato pintado por Da Vinci. Uma tese que Pizzorusso vem refutar com mais elementos geológicos.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT