Teatro e exposições

Museu de Arte Antiga reabre com exposição de Julião Sarmento

Será possível ver "A Linha que Fecha Também Abre" enquanto assiste ao vivo ao restauro dos Painéis de São Vicente.
Reabre no dia 18 de maio.

Na próxima segunda-feira, 18 de maio, celebra-se o Dia Internacional dos Museus. Por coincidência, foi também para esse dia que o governo estipulou a reabertura dos museus e monumentos nacionais depois de estarem encerrados devido à pandemia do novo coronavírus.

O Museu Nacional de Arte Antiga (MNNA) reabre nesse dia, e retoma o seu horário habitual, das 10 às 18 horas. Estão a ser implementadas as medidas de segurança necessárias.

A entrada no dia 18 é gratuita, devido ao Dia Internacional dos Museus. Além do espólio habitual presente no espaço, poderá encontrar a exposição temporária “Obra Convidada Peeter Balten Calendário Sé de Miranda do Douro/Museu da Terra de Miranda”, até 28 de junho.

Será ainda possível ver a exposição temporária “A Linha que Fecha Também Abre”, de Julião Sarmento, patente até 26 de julho. Outro dos destaques é o espaço de restauro dos Painéis de São Vicente.

O processo, que só terminará em 2022, poderá ser acompanhado pelo público. O espaço estará devidamente vedado, mas visível — a partir de 1 de junho. Por fim, é possível conhecer a última aquisição do MNNA: um desenho de Domingos Sequeira, intitulado “Estudo de Figura para ‘A Morte de Camões'”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT