Teatro e exposições

O incrível mural de Vhils na nova estação de metro do aeroporto de Orly

A obra do artista português é composta por mais de 11 mil azulejos esculpidos de forma única.
A nova obra de Vhils.

Alexandre Farto, mais conhecido por Vhils, é já uma referência mundial em arte urbana. Começou a fazer graffiti ilegal em comboios quando era adolescente e, mais tarde, desenvolveu o seu próprio estilo artístico, baseado em relevos. O artista tem inaugurado diferentes murais ao longo dos anos, sempre marcados pela irreverência. 

A próxima instalação pode ser vista na nova estação de metro de Orly em Paris, que deverá abrir no dia 24 de junho, pouco antes do arranque dos Jogos Olímpicos de 2024. O mural da autoria de Vhils é composto por mais de 11 mil azulejos esculpidos “de forma única”.

“Este projeto, o meu primeiro trabalho não tão efémero numa estação, tem sido um trabalho de amor nos últimos três anos. Um grande obrigado a todos os envolvidos”, escreveu o artista nas redes sociais.

No mural azul e branco, veem-se dois rostos e parte da Torre Eiffel, segundo as imagens partilhadas por Vhils. A obra faz parte do projeto Grand Paris Express, que prevê um investimento de 35 milhões de euros nos transportes públicos da capital francesa, incluindo mais de 200 quilómetros do metro, com quatro novas linhas. A acompanhá-lo estarão vários projetos artísticos.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Alexandre Farto (@vhils)

Entretanto, também no Petit Palais ‒ Museu de Belas Artes de Paris, foi inaugurada na passada quarta-feira, 12 de junho, uma exposição dedicada à arte urbana, que inclui trabalhos de Vhils e do artista português Add Fuel. “Pela primeira vez, o Petit Palais abre as portas aos artistas urbanos, convidado-os a participar num diálogo subtil com as suas coleções permanentes e a sua arquitetura”, lê-se no site oficial do museu.

A exposição “We Are Here” tem entrada gratuita e inclui mais de 200 trabalhos de artistas da arte urbana, entre os quais os norte-americanos Shepard Fairey e Swoon, o britânico D*Face, o chileno Inti e o francês Invader. A mostra, desenhada como “um tributo aos salões e feiras de arte de outros tempos”, estará patente até 17 de novembro.

Carregue na galeria para conhecer o novo mural de Vhils na estação de metro de Orly, em Paris. 

ver galeria

Áudio deste artigo

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT