Teatro e exposições

Portugal poderá fazer “eventos teste-piloto” nas salas de espetáculo e teatros

O Conselho de Ministros aprovou um diploma que prevê essa possibilidade.
É uma possibilidade.

O setor da cultura continua a ser um dos mais afetados pela pandemia de Covid-19, no entanto, o governo parece estar a dar passos para que este consiga ter alguma normalidade. Esta quinta-feira, 1 de abril, o Conselho de Ministros aprovou um diploma que prevê a possibilidade de serem realizados “eventos testes-piloto” este ano.

Segundo o documento, estes devem ser feitos em articulação com a Direção-Geral da Saúde (DGS) para definição de novas orientações técnicas. Além disso, admite a realização de testes de diagnóstico à doença, seja por imposição da DGS ou do promotor do evento em causa.

Estas ações estão previstas no decreto-lei “que altera as medidas excecionais e temporárias de resposta à pandemia da doença Covid-19, no âmbito cultural e artístico”, aprovado em Conselho de Ministros, e que “estabelece as normas aplicadas aos espetáculos do ano de 2021”, diz o diploma, citado pela “TVI24”.

Sabe-se também que o governo está a trabalhar na criação de uma linha de crédito específica para o setor dos espetáculos ou festivais.

Recorde-se que as salas de espetáculos, teatros, auditórios e salas de exibição de filmes cinematográficos e similares reabrem a 19 de abril — a terceira fase do plano de desconfinamento — exatamente com as mesmas regras em vigor à data do encerramento.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT