Teatro e exposições

World of Heroes: abriu um épico mundo de super-heróis em Lisboa (com restaurante e loja)

Nasceu no centro da cidade, em parceria com a conhecida Hyper Toys. Um dos sócios é o futebolista Franco Cervi.
O Hulk é o maior anfitrião do espaço.

Chama-se World of Heroes e é um espaço de restauração e entretenimento como nunca viu no nosso País. Não há como enganar, vai ser um sucesso — especialmente para os fãs de super-heróis da Marvel e da DC Comics. Abriu no final de maio em Lisboa e serve comida simples, como pizzas, hambúrgueres ou snacks.

Desde 2014 que a loja Hyper Toys existe no Largo das Palmeiras, entre o Marquês de Pombal e Picoas. Era por ali que também trabalhava Hugo Domingues, empresário e criativo de 46 anos com fortes ligações ao Benfica, que foi campeão mundial e europeu de paintball e que já era um dos sócios do Footlab (com Rui Costa), da TS Warrior (com Toto Salvio) e do Login Laser Tag.

“Gostava e achava imensa piada ao conceito da Hyper Toys”, explica Hugo Domingues à NiT, sobre a loja que vende BD e merchandise de vários universos geek. “E dizia sempre ao Humberto [Marques, responsável pela Hyper Toys]: devias abrir um restaurante para os pais levarem as crianças.”

A ideia foi ficando “ao longo dos anos” até Hugo Domingues sugerir ao quase vizinho Humberto Marques que se juntasse neste projeto. Com o seu conhecimento na área da gestão e do entretenimento, abriu o restaurante — que agora funciona em parceria com a loja renovada e alargada da Hyper Toys, como se fossem um só espaço, embora bem divididos.

Neste projeto, o sócio de Hugo Domingues é outro futebolista que até muito recentemente esteve no Benfica, o argentino Franco Cervi. “Ele é muito meu amigo, falamos imenso, partilhamos ideias, eu acho que ele queria deixar a marca dele no País como forma de agradecimento, já joga no Benfica vai fazer cinco anos. Além de acreditar imenso no projeto, desenvolvemo-lo em conjunto.”

Hugo Domingues diz que é um fã antigo destas histórias e que costuma ir com o filho de 12 anos às antestreias das produções da Marvel. “Uma vez mandei vir um fato do Homem-Aranha daqueles de lycra para ele e posso dizer que demorei 45 minutos desde o parque de estacionamento do CascaisShopping até aos cinemas [risos]. Toda a gente estava a pedir para tirar fotos, os miúdos a perguntar onde ele tinha comprado o fato.”

Foi percebendo que havia uma área de negócio por explorar, uma lacuna por preencher em Lisboa e em Portugal. “Achei engraçado, as pessoas têm esta cultura, há a Comic Con Portugal, mas não havia nada de cosplay, virado para esta temática, faltava um espaço assim.”

A loja tem agora uma área bastante alargada.

A ideia foi criar algo ao estilo do Planet Hollywood ou do Hard Rock Cafe, mas focado nos super-heróis — embora mantenha a matriz de american diner. O espaço está decorado com enormes figuras — há, por exemplo, um imponente Hulk, um Capitão América e um Homem-Aranha virado ao contrário.

Todas as peças são produtos licenciados e a World of Heroes age como revendedora. Ou seja, tudo ali está à venda, embora não seja para qualquer pessoa. As peças podem custar facilmente valores na ordem dos cinco dígitos por se tratarem de edições limitadas de grande porte. A ideia, explica Hugo Domingues, é também adquirir peças usadas nos filmes nos habituais leilões que os estúdios e produtoras fazem, para assim formarem uma coleção do World of Heroes — essas peças não serão colocadas à venda.

“Se vendermos o Hulk, entra o Thor e por aí adiante. Continuamos a comprar para decorar o espaço: vamos ter um escudo de ferro verdadeiro do filme do Capitão América, entre outras peças.”

No total, o espaço — que anteriormente era uma garagem — tem 750 metros quadrados. As obras demoraram cerca de seis meses. “Não olhámos a nada para ter um espaço único, acho que temos um espaço único em Portugal. Pode não ser a Disney de Orlando mas aqui dá para toda a gente ir.”

Neste momento, com as restrições da pandemia, o World of Heroes tem lugar para entre 70 e 80 pessoas comerem. Quando o País regressar à normalidade, terão capacidade para 152 lugares sentados. Outro pequeno pormenor é que a entrada é feita através de um túnel temático da galáxia muito, muito distante de “Star Wars”.

Apesar de ter aberto há apenas cerca de 20 dias, o restaurante já recebeu festas de aniversário — e é através do site oficial do projeto (que ainda é provisório) que pode fazer reservas, consultar todos os horários e conhecer os serviços disponíveis.

Na mesma página pode consultar o menu, que inclui nachos, chicken wings, aros de cebola frita, tacos, mac and cheese, bifes, ribs, hambúrgueres, pizzas e saladas. Há ainda várias sobremesas.

Carregue na galeria para ver mais imagens do novo World of Heroes.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT