Televisão

A sequela do fenómeno turco “Continuar a Viver” já chegou à Netflix

Depois do sucesso do primeiro filme, o drama retrata agora a história de pai e filho que se reencontraram.
Mais um êxito produzido pela Turquia.

O cinema turco vive um bom momento no panorama internacional, onde está a consolidadar a sua reputação como “máquina de produção de êxitos”. Se ainda não ficou viciado numa série, em estilo novela, vinda de Istambul, é uma questão de tempo até ceder ao título do momento. Foi exatamente isso que aconteceu com “Continuar a Viver”, o sucesso de 2022 que arrasou as tabelas da Netflix. 

Neste caso, as boas notícias chegam para os fãs da produção — a sequela da longa-metragem chegou na passada quinta-feira, 23 de maio, à plataforma de streaming. O filme conta a história de uma mãe solteira diagnosticada com uma doença terminal. Enquanto concentra toda a sua preocupação no futuro do seu filho de seis anos, Melisa encontra um homem que faz surgir toda uma história de amor inesperada. 

O enredo da sequela segue a história de um pai e de um filho que se reuniram recentemente, na luta por um novo começo após a perda da mulher e mãe. O segundo capítulo começa precisamente onde terminou o primeiro filme, nomeadamente, na morte de Melisa. Esta deixou Can, o filho, com o pai, Birat, com quem decidiu reatar a sua relação. 

A sequela procura retratar os processos de ambos naquele que é um momento de luto, ao mesmo tempo que têm de lidar com uma recém-relação de pai e filho e os problemas de cada um. 

O elenco é composto por Kaan Urgancıoğlu, Melisa Aslı Pamuk e Mert Ege Ak. O primeiro é conhecido do público português pelo seu papel de Casa em Operação Fortune: Missão Mortífera. 

Carregue na galeria para conhecer outras séries que chegam este mês às plataformas de streaming e à televisão.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT