Televisão

“O Clube da Meia-Noite”: a série mais assustadora de sempre acabou de chegar à Netflix

A produção tem a assinatura do especialista em terror, Mike Flanagan. Estreou esta sexta-feira, 7 de outubro.

Aos 44 anos, Mike Flanagan é um aluno dos mestres do terror e a sua tão elogiada filmografia distingue-se, sobretudo, por quebrar um velho cliché do género: a ausência de sustos. É, por isso mesmo, bizarro que a sua mais recente produção tenha recebido um certificado do Guinness World of Records por maior número de sustos num só episódio.

“Durante toda a minha carreira, ignorei completamente esse tipo de sustos como conceito”, explica Flanagan à “Deadline”, antes de delinear a estratégia que guiou a nova série. “Pensei: ‘Vamos fazê-los todos de uma vez e, se o fizermos bem, estes sustos irão tornar-se insignificantes para o resto da série’. Decidi que os iria destruir. Dar cabo deles até que morram de vez. Mas não foi isso que aconteceu. Acabaram por dizer ‘espetacular, queremos mais’.”

Com um registo de 21 sustos, o certificado de recorde mundial foi entregue e arruinou os planos do co-criador de “O Clube da Meia-Noite”, que chegou à Netflix esta sexta-feira, 7 de outubro. Flanagan prefere ver o lado positivo: “Agora que tenho o meu nome inscrito no livro dos recordes, da próxima vez que me falarem sobre sustos, posso dizer: ‘Sabes, como atual detentor do recorde mundial de sustos, acho que neste caso não precisamos de um.’”

Com mais ou menos sustos, a verdade é que “O Clube da Meia-Noite” segue também a tradição do cineasta, responsável por êxitos como “The Haunting of Hill House”, “Doctor Sleep”, “Ouija” ou “Absentia”. Desta vez, Flanagan decidiu adaptar o livro com o mesmo nome, da autoria de Christopher Pike, lançado em 1994.

A história acompanha cinco jovens, com doenças terminais, que acabam por ser internados num hospital misterioso. Enquanto aguardam o desfecho do prognóstico fatal, os adolescentes divertem-se como podem e acabam por criar um clube. Todas as noites, à meia-noite, juntam-se para contarem histórias de terror. Numa das reuniões, acabam por selar um pacto: o primeiro deles a morrer, terá a responsabilidade de comunicar com os outros do além. E, sem surpresas, acontecimentos assustadores e misteriosos começam a ensombrá-los.

A série dividia em dez episódios tem no elenco nomes como Samatha Sloyan, Zach Gilford, Igby Rigney ou Matt Biedel. Flanagan divide os créditos da autoria com Leah Fong, sendo que também realiza pelo menos dois capítulos.

Carregue na galeria para conhecer outras séries que estreiam em outubro.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT