Televisão

A vida de Cesária Évora vai dar uma série musical

A cantora cabo-verdiana é um dos maiores ícones do país, graças a sucessos como "Sodade" e "Petit Pays".
Faleceu em 2011.

Foi, e é, um dos maiores ícones da música cabo-verdiana e lusófona, e terá agora a sua vida retratada na televisão. Falamos-lhe de Cesária Évora, intérprete de temas como “Sodade” (que será também o título da série) ou “Petit Pays”, entre tantos outros.

Estima-se que as gravações deste novo projeto biográfico comecem no segundo trimestre de 2022. Cesária Évora será interpretada por Eliana Rosa Lopes, uma atriz cabo-verdiana.

Já começaram as conversas com a RTP para que a série seja transmitida na televisão pública. Em conversa com a “Lusa”, Hugo Diogo, o realizador do projeto, conta que o orçamento expectável é de 2,4 milhões de euros. “Sodade” não será um projeto apenas do nosso País, tendo já uma co-produção garantida da Argentina, estando a ocorrer ao mesmo tempo negociações com os EUA e França.

A produção “conta a história da diva cabo-verdiana de uma forma verdadeira, assim como ela o era”, pode ler-se num comunicado enviado. E acrescentam: “‘Sodade’ é uma série poema e, assim como o género musical que define a morna, é uma série de brandos ritmos, com uma acção paulatina, subtilmente marcada por algum surrealismo e alguma fantasia. Com uma inevitável base dramática, e contemplativa, também incontornável, tudo serve numa alusão àquilo que a música de Cabo Verde representa: o querer, o partir, a morte, a saudade, o regresso, a vida como um sonho, a vida é um sonho musical”.

Hugo Diogo é simultaneamente showrunner e realizador, partilhando este último papel com o franco-senegalês Alain Gomise. O argumento é de André Mateus. A série será filmada em três regiões diferentes: Lisboa, Paris e Cabo Verde.

Pode carregar na galeria para descobrir as novas séries e temporadas que estreiam já este mês.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

Novos talentos

AGENDA NiT