« “Anatomia de Grey”: quase 20 anos depois, o que é que ainda nos prende ao ecrã?

sub-buzz-172-1571671578-1

Uma das citações que marca a série

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT