Televisão

“Back to Life”: a nova comédia negra viciante que deve começar a ver

Está a ser comparada a “Fleabag” e estreia na Filmin, a plataforma de streaming dedicada sobretudo a cinema independente e de autor.
Daisy Haggard é a criadora e protagonista.

“Fleabag” estreou em 2016 mas rapidamente se tornou numa série de culto. A comédia britânica teve apenas duas temporadas, cada uma com seis episódios com menos de 30 minutos. Mas foi o suficiente para catapultar a sua autora e protagonista para projetos muito maiores.

Phoebe Waller-Bridge criou a igualmente aclamada, mas com mais visibilidade, “Killing Eve”; participou num filme de “Star Wars”; foi contratada para co-escrever o novo capítulo de “007”; vai protagonizar o próximo “Indiana Jones” ao lado de Harrison Ford e a adaptação televisiva de “Mr. & Mrs. Smith”. Aos 35 anos, Waller-Bridge é um nome que pode marcar a Hollywood das próximas décadas.

Agora, os produtores de “Fleabag” reuniram-se para criar uma série que está a ser comparada com a produção de Phoebe Waller-Bridge — tem um tom de comédia negra, realista mas hiperbolizada ao mesmo tempo.

Chama-se “Back to Life” e estreou em Portugal a 15 de junho — dois anos depois de ter chegado ao Reino Unido. A produção da BBC está disponível na Filmin, a plataforma de streaming dedicada sobretudo a cinema independente e de autor. A primeira temporada tem seis episódios, cada um com cerca de 25 minutos.

Daisy Haggard, co-autor do argumento com Laura Solon, interpreta Miri, que acaba de passar 18 anos na prisão e enfrenta o desafio de se reintegrar na sociedade. Nos seus trinta anos, sem trabalho nem amigos, só pode fazer uma coisa: voltar para casa dos pais, numa pequena vila de Inglaterra, onde o crime que cometeu continua a ser o acontecimento do século. 

A natureza do crime não é revelada logo à partida, mas basta avançar um pouco na narrativa para se descobrir qual é. Certo é que foi algo grave, tendo em conta o tempo de pena de prisão e a hostilidade com que é recebida quando regressa à sua terra-natal, onde é odiada por muitos.

A produção realizada por Chris Sweeney explora o problema da reinserção na sociedade e as dificuldades em começar tudo do zero. Apesar das temáticas mais pesadas e difíceis (sobretudo em comparação com a história geral de “Fleabag”), a protagonista é otimista e a série é de facto uma comédia, ainda que tenha momentos mais dramáticos pelo meio.

“Back to Life” também foi muito elogiada pela crítica britânica. “Uma jóia cómica cheia de humor negro ideal para os fãs de ‘Fleabag’”, descreveu, por exemplo, o “The Guardian”, que lhe atribuiu a classificação máxima. A escrita, o ritmo e a construção do enredo têm sido alguns dos elementos mais elogiados.

O elenco inclui ainda Geraldine James, Richard Durden, Liam Williams, Jamie Michie, Adeel Akhtar, Christine Bottomley, Frank Feys, Imogen Gurney, Jo Martin, Souad Faress e Jennifer Tollady, entre outros.

Carregue na galeria para conhecer outras das séries que estreiam este mês de junho na televisão e nas plataformas de streaming.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT