Televisão

“Big Brother”: já sabemos até onde o Brunão é capaz de ir — ao estômago da Liliana

O humorista e cronista Miguel Lambertini analisa o último episódio do reality show da TVI.
Bruno de Carvalho partilhou a sua "curva da vida".

O Big começou por anunciar: “Hoje é noite de dilemas!”. Ao mesmo tempo que no nosso ecrã aparecia Cristina Ferreira em power position, estilo Beyoncé da Malveira. Curiosamente, o primeiro e mais importante dilema da noite surgiu logo ao olhar para o vestido de Cristina. Tal como aquele meme que circulou há uns tempos, o modelito da apresentadora ora aparentava ser roxo ora azul. Pelo menos dava-me essa sensação, mas também pode ser dos ansiolíticos que tomo para conseguir aguentar três horas de emissão do “Big Brother Famosos” na TVI. 

O segundo dilema deste domingo, 23 de janeiro, foi colocado a Bruno de Carvalho: “Hoje quero saber até onde está disposto a ir pela Liliana”, diz o Big. Bom, depois das imagens desta semana, já sabemos até onde é que o Bruno está disposto a ir: até ao estômago da Liliana, com a língua. Mas à parte destas endoscopias românticas, o que a Voz queria saber era se o ainda presidente da casa optava por ouvir a mensagem da sua mãe ou sacrificava essa benesse em prol da sua apaixonada, permitindo que Liliana ouvisse a mensagem da sua progenitora.

Bruno é pragmático na sua decisão e opta por rasgar de imediato o envelope da mãe. Explica depois que a mãe é o grande amor da sua vida, mas já sabe qual seria a mensagem: “Triliões de beijos. Amo-te muito. Mãe”

Eu, se fosse a mãe do Bruno, agora mandava um avião com uma mensagem a dizer: “Não foi essa a educação que te dei, meu menino. Não querias ler, sim senhora, mas também não precisavas de rasgar o envelope à frente das pessoas. P.S. Agasalha-te que diz que o ar aí da serra é muito húmido. E come, filho, que tu não te andas a alimentar bem! E olha que só os restos de comida que tiras da boca da Liliana não constituem uma dieta saudável. Amo-te muito. Mãe”.

Este domingo, tivemos também mais uma sessão de BB Play. No filme “Jaciara Fatal” ficámos a conhecer um interesse especial da brasileira por dois concorrentes da casa: Kasha e Jay. Estes, por seu lado, parecem estar tão interessados na empresária como um cigano num comício do Chega. Ainda assim, isso não impediu Jaciara de dar um beijo na boca a Kasha, que ficou sem reação, mas explicou a Cristina que foi um beijo de amizade. De facto, comparando aquele beijo com os que o Bruno dá à Liliana, aquilo nem chegava a um número 2 no “Bate Pé”.

Esta semana, Jardel esteve fortíssimo no “treinamento”, como o próprio diz, e nem se esqueceu de finalizar sempre com uma sessão de alongamentos… dos pulmões, claro, porque não dispensa o cigarrinho. Mas Super Mário merece porque está cada vez mais entrosado na casa. Além do fitness, treinou uma coreografia de dança onde foi a estrela da companhia.

Ao som de “Dancing Queen”, dos ABBA, o ex-jogador brilhou acompanhado das Jardeletes Jaciara, Marta, Liliana e Catarina. Já o restante grupo de homens merece pontos pelo kit “Power Rangers” colorido que envergavam, mas no que toca à coreografia digamos que já vi bêbados às cinco da manhã no Cais do Sodré mais coordenados do que o Nuno, o Jorge, o Kasha e o Jay. 

Quem se safou de participar neste Cringe Festival foi Bruno de Carvalho, que passou o dia indisposto e sobre quem ficámos também a conhecer a respetiva “curva da vida”. Entre outras coisas e sem a habitual choradeira, Bruno contou que a primeira vez que acabou uma relação esteve prestes a morrer e ficou ligado a uma máquina durante três dias. Ui, boa sorte, Liliana. No pressure. 

Depois de salvar o meu querido Jorge Guerreiro, a Marta e o Jardel, o público decidiu que quem deveria abandonar a casa era Nuno Homem de Sá. Jaciara foi salva e, tal como nós, não acreditava no que tinha acabado de acontecer. Quem também parecia estar estupefacto — e algo receoso — era Kasha, que naquele momento percebeu que tinha pela frente mais uma semana a jogar ao “Bate Pé”.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT