Televisão

Chegou o trailer oficial da nova temporada de “Doctor Who”

Ncuti Gatwa é o primeiro ator negro e homossexual a interpretar o Doutor. Os novos episódios estreiam a 10 de maio.
Gatwa está a fazer história.

Ncuti Gatwa, de 29 anos, fez história ao tornar-se no primeiro ator negro e homossexual a assumir o icónico de papel de “Doctor Who”. A estreia em personagem aconteceu num episódio especial a 25 de dezembro. Contudo, a nova temporada só chega à Disney+ a 10 de maio — mas já pode ver o trailer oficial dos novos capítulos.

“Deem-me amor”, diz o protagonista nos primeiros segundos do vídeo. Nestas primeiras imagens, o novo Doutor viaja pelas várias eras da Terra acompanhado pela TARDIS, a nave espacial que pode levar os seus passageiros para qualquer lugar no tempo e no espaço.

Nesta que é a 14.ª temporada da série, o público acompanha o Doutor e a sua companheira, Ruby Sunday. As aventuras vão desde a era da Regência em Inglaterra, até mundos futuros devastados pela guerra. Pelo caminho, “encontram amigos incríveis e inimigos perigosos, incluindo um papão aterrador e o inimigo mais poderoso”, pode ler-se na sinopse oficial.

Gatwa, conhecido pela sua interpretação de Eric Effiong, em “Sex Education”, é escocês e o 14.º ator a representar o papel de protagonista nesta produção da ficção científica. Sucede a Jodie Whittaker, a primeira mulher a assumir o papel principal na série britânica.

Esta série de ficção-científica é uma das mais antigas de sempre, estreou em 1963. A história acompanha as aventuras de um ser alienígena com vários séculos de existência e dos seus companheiros. Eles viajam no tempo, numa sensível nave espacial, para prevenir que as forças do mal ataquem inocentes. 

 O Doutor tem grandes capacidades regenerativas, o que explica o facto de ter alterado as suas feições ao longo do tempo. Esta personagem já foi interpretada por atores como Matt Smith ou David Tennant.

Um dos grandes focos da história está na importância da família “escolhida”, sendo tão vital ou mais do que a biológica. Na ótica de Gatwa, esta é uma das principais razões para “Doctor Who” ter uma “conexão tão grande com as pessoas LGBT”, disse ao jornal britânico “The Guardian”.

Carregue na galeria e conheça algumas das novidades de março no streaming.

ÚLTIMOS ARTIGOS DA NiT

AGENDA NiT